• Home
  • Maus-tratos a animais será punido com prisão em Sinaloa, no México

Maus-tratos a animais será punido com prisão em Sinaloa, no México

0 comments

Por Bruna Araújo / Redação ANDA

Divulgação
Divulgação

Quem cometer atos de abuso, crueldade ou causar qualquer tipo de sofrimento a animais domésticos no estado de Sinaloa, área rural do México, poderá ser punido com três meses a um ano de detenção, podendo aumentar em caso de morte do animal, além de multas.

A decisão foi aprovada pelo Congresso do Estado que adicionou a emenda “Crimes contra a vida, integridade e dignidade dos animais” no Código Penal do Estado.

A iniciativa, apresentada pelo deputado do PRI Gomer Monárrez Lara, visa conscientizar sobre a proteção animal e criminalizar qualquer ato que cause danos físicos e psicológicos aos animais domésticos segundo informações publicadas no portal Noroeste.

Penas

Maus-tratos a animais serão punidos com três meses a um ano de prisão além de multa de 50 a 100 dias. Em caso de morte do animal, a pena será aumentada para para dois anos de detenção e multa de 100 a 200 dias.

Nota da Redação: É preciso que as leis punam com mais rigor. Uma pena de um a dois anos de detenção não corresponde à gravidade de crimes cometidos contra animais. É importante frisar, que, ao que parece, a lei não abrange animais domesticados como cavalos, porcos e bovinos que são igualmente vítimas da maldade e exploração humana. A lei também não cita animais selvagens e nativos. A violência contra os animais precisa ser punida como um crime cometido contra um humano.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Se a lei deles for que nem no Brasil isso significa que ficarão livres. . 3 meses a um ano dá direitos a não serem presos.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>