• Home
  • Confira 10 coisas que não são veganas e você não sabia

Confira 10 coisas que não são veganas e você não sabia

0 comments

Por Caren Baginski/Delicious Living (Tradução: Bruna Oliveira – Agência de Notícias de Direitos Animais)

dúvida
Foto: tonnycrabbe

No mundo moderno, é possível viver sem comprar ou consumir qualquer coisa que seja produto ou subproduto de origem animal? O livro “Veganissimo: A to Z – A Comprehensive Guide to Identifying and Avoiding Ingredients of Animal Origin in Everyday Products” (“Veganíssimo de A a Z – Um guia completo para identificar e evitar ingredientes de origem animal em produtos diários” – tradução livre) é um manual que auxilia veganos a terem conhecimento dos produtos animais contidos na sua comida, em seus suplementos e cosméticos. Confira alguns dos itens identificados pelo livro:

1. Cola

Poderiam os livros não ser veganos? A obra afirma que cola animal é utilizada tradicionalmente no processamento de madeira e papel, encadernação, pintura, conservação e restauração, e para fazer instrumentos musicais e móveis. A cola animal pode ser feita de proteínas de animal como a gelatina, que é criada da fervura de tecidos animais.

2. Fotografias impressas

Fotos impressas comercialmente ou em casa, usam um papel que contém gelatina animal. Alternativas? Utilize papéis de foto sem qualidade.

3. Vacinas

Sua vacina contra a gripe, bem como qualquer outra vacina que você toma, não é totalmente livre de substâncias animais, segundo o Veganissimo. Antigamente, vacinas foram criadas para infectar patógenos em ovos de galinha fertilizados, que são destruídos para extrair o serum. Nos dias atuais, os métodos incluem cultura de células retiradas de tecido animal, como rins de cães.

4. Telas de LCD e outros monitores

O cristal líquido encontrado nas telas de televisores, computadores e celulares podem ter em sua composição colesterol tirado de animais.

5. Baterias

A gelatina animal é usada no metal para melhorar a sua estrutura, assim como o cádmio em baterias. Gorduras e gelatinas animais são utilizadas em muitas aplicações técnicas para as quais devemos o conforto de novas vidas. “No presente momento é extremamente difícil – mas não impossível, encontrar alternativas”, escrevem os autores de Veganissimo.

6. Vitamina D

A fonte de alguns suplementos vitamínicos é de vitamina D3 de animais. A alternativa é procurar por suplementos que tenham claramente na etiqueta que são destinados para veganos.

7. Sucos de fruta, cerveja ou vinhos brancos

Gelatina, clara do ovo, proteína do leite ou carvão ativo são as principais escolhas para o processo de refino, que limpa as bebidas de substâncias indesejadas. O único jeito de saber se substâncias animais não são utilizadas, neste caso, é entrando em contato direto com o produtor.

8. Porcelana chinesa

A alva brancura que faz os aparelhos de jantar chineses serem tão requintados é obtida graças a ossos moídos e resíduos de ossos queimados de animais.

9. Esponjas

Esponjas do mar naturais são animais semelhantes a plantas que vivem no fundo do mar e são usadas no banho, na limpeza da casa ou na pintura daquela aquarela. Esponja sintéticas são a alternativa.

10. Remédios

Muitos remédios contém substâncias animais escondidas para estabilizar os medicamentos. O mais comum utilizado é a lactose, que é a açúcar do leite, e pode ser encontrada em comprimidos. Outro ingrediente animal é a gelatina, encontrada frequentemente nas cápsulas. Procure por opções veganas que utilizem amido de milho ou celulose.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>