• Home
  • Programa de educação ensina crianças sobre empatia e veganismo

Programa de educação ensina crianças sobre empatia e veganismo

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Empathy Project
Foto: Empathy Project

A maioria dos veganos provavelmente tem consciência sobre a importância da empatia. Ela é a base para a forma como tratamos o nosso planeta, como interagimos com nossos companheiros seres humanos – e como nos envolvemos com os animais não humanos com os quais compartilhamos este mundo.

E ela traz grandes impactos em nossa vida diária e social. Conforme reportagem do site Latest Vegan News, pesquisadores descobriram que as habilidades de empatia levam a uma redução do racismo e do assédio moral, a melhores ambientes de trabalho, à melhoria dos serviços de saúde e a uma longa lista de outros resultados positivos.

Magaly Madrid é a fundadora do Empathy Project, uma organização que ajuda a promover esta crucial e importante característica. Como parte de suas iniciativas, ela criou o Everyday Humane, um programa que – entre outras coisas – melhora a capacidade de empatia das crianças, ensinando-lhes sobre as experiências dos animais. Em suas palavras, a iniciativa “fornece ferramentas e informações para inspirá-las a alinhar seus valores com as suas escolhas diárias e co-criar um mundo de compaixão e bondade para todos os seres vivos.”

Depois de viajar pelo mundo – em particular pela América do Sul, Madrid tem algumas experiências de partir o coração. “Eu vi a necessidade de uma educação humana e de inspirar as pessoas a viverem de modo compassivo”, explica ela. Foi assim que o Everyday Humane nasceu.

O programa abrange muitos temas e questões, desde a situação dos animais explorados por circos até o consumo ético e a alimentação à base de vegetais. O veganismo é a filosofia por trás do currículo. “Eu estou convidando-os a esta nova possibilidade”, afirmou ela. “Eu não estou forçando-os a fazer quaisquer tipos de mudanças em suas vidas. Eu apenas estou fornecendo essas ferramentas e abrindo seus corações, para que eles possam fazer as próprias escolhas. ”

Ela está atualmente trabalhando com três escolas no sul da Flórida, nos Estados Unidos, e espera expandir o programa. Conforme a reportagem, apesar de muitos grupos promoverem educação humanitária, não há nenhum com um currículo tão abrangente quanto o dela.

Em relação à alimentação, Madrid explica para as crianças sobre a exploração dos animais e transmite ensinamentos sobre alimentos veganos.

No futuro, ela espera começar a ensinar as famílias de baixa renda e as pessoas em situação de rua sobre a comida vegana. “Eu adoraria ser capaz de fornecer sopas comunitárias veganas e montar algumas mesas vegans em abrigos, ou fazer alguma divulgação em eventos da comunidade”, ressaltou ela.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>