• Home
  • Aquário de Seattle cancela evento com polvos por receio de canibalismo

Aquário de Seattle cancela evento com polvos por receio de canibalismo

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Nós sabemos que os seres humanos podem ser bizarros e voyeuristas, esta notícia de Seattle, nos Estados Unidos, é um exemplo gritante. Para o dia de São Valentim, o aquário de Seattle convidou visitantes para assistirem um encontro de polvos. As informações são do Ecorazzi.

Kong, o polvo do sexo masculino, tem mais de 30 quilos, e funcionários do aquário estavam com medo de que ele comesse as fêmeas que têm cerca de metade do seu tamanho. A data foi cancelada, não porque manter os animais presos é injusto, mas porque se o polvo comesse sua parceira isso poderia acabar com o evento do aquário. Poucas vezes polvos foram registrados como sendo canibais em estado selvagem, esse não é um comportamento comum.

Felizmente Kong, foi liberado de volta para o estreito de Puget Sound, em Washington. Entretanto, as fêmeas e outras criaturas que vivem no aquário de Seattle continuaram presas.

Aquários e outros locais que aprisionam animais devem ser completamente extintos. É preciso clarear a consciência para entender e respeitar os direitos animais. Eles não são objetos para serem expostos e servirem ao prazer de seres humanos. As pessoas podem obter alguns minutos de entretenimento, mas para eles é uma vida inteira de exploração e abusos condenados pelo egoísmo humano.

Nota da Redação: O canibalismo é um distúrbio típico em animais que vivem em cativeiro, e é resultante do estresse do confinamento.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>