• Home
  • Leitora expõe crítica sobre aumento da atribuição no valor de ração para animais, anunciada pelo governo

Leitora expõe crítica sobre aumento da atribuição no valor de ração para animais, anunciada pelo governo

0 comments

cao-sem-racao
Divulgação

Shirley Schreier
schreier@iq.usp.br

Uma leitora demonstra revolta ao ler uma reportagem publicada no jornal Estadão na última quarta-feira (03). O motivo de indignação deve-se ao fato de que o governo anunciou o aumento do imposto sobre chocolate, sorvete e ração para animais domésticos, a partir de maio.

A leitora sugere a ideia de órgãos como ONGs e protetores unirem-se e lançarem uma campanha contra a medida. Ela pontua que ração não deve ser encarado como “artigo de luxo”, e sim uma necessidade em âmbito animal. Além das consequências que a medida poderá trazer, como abandono, que é crime previsto na lei 9605/98. A crueldade representada por esse ato, em última instância pode vir a ser um problema de saúde pública e ainda um prejuízo econômico maior do que o lucro obtido com o aumento do imposto.

Entenda a medida da atribuição publicada na Folha de São Paulo.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. A indústria da ração só quer saber de lucrar às custas dos animais, sejam os que vão para o abate, sejam nossos cães-consumidores. Antigamente, quando não havia ração, as pessoas serviam aos seus cães angu com bofe e eles eram cheios de saúde, viviam mais e melhor. Hoje, essa mania de ração faz com que os cães – agora tratados como pets – desenvolvam doenças que antes não existia entre eles.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>