• Home
  • Ativistas de direitos animais protestam contra companhia que está construindo um laboratório para explorar animais

Ativistas de direitos animais protestam contra companhia que está construindo um laboratório para explorar animais

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Ativistas ocupam construção. Foto: No New Animal Lab
Ativistas ocupam construção. Foto: No New Animal Lab

No último fim de semana, ativistas de direitos animais de todo os Estados Unidos viajaram para Nova York para realizar protestos maciços na casa e no escritório de Richard Cavallaro, o presidente e CEO da Skanska USA, uma empresa de construção civil bilionária e global. Skanska foi contratada pela Universidade de Washington para construir um centro de pesquisa animal de US$ 90 milhões em Seattle. Segundo os organizadores, Cavallaro foi alvo, pois, por ser o chefe da Skanska USA, ele tem poder para encerrar o projeto. As informações são do Their Turn.

A manifestação foi co-organizada por ativistas da NYC Animal Defense League e da campanha No New Animal Lab, que foi iniciada em Seattle por ativistas que, no final de 2014, descobriram que milhares de animais seriam presos, abusados ​​e mortos em uma proposta escondida de laboratório na universidade.

Na sexta-feira (22), os ativistas fizeram um protesto no Empire State Building, onde fica o escritório principal da Skanska. O ator e ativista James Cromwell participou do protesto.

No sábado (23), cerca de 150 ativistas viajaram para Huntington, uma cidade perto de Nova York, para marchar pelo bairro de Cavallaro e protestar na frente de sua mansão. Durante o ato, dois ativistas foram presos quando tentaram escalar o seu telhado para prender um banner. Em uma entrevista com o Newsday, Cavallaro descreveu os ativistas como “terroristas”.

Ativistas querem parar com os experimentos em macacos. Foto: No New Animal Lab
Ativistas querem parar com os experimentos em macacos. Foto: No New Animal Lab

Jay Johnson, um dos ativistas da NYC Animal Defense League, afirmou que a campanha não se abala com prisões e pelos processos: “Você pode processar uma pessoa, ou você pode tentar intimidar uma pessoa. Mas você não pode fazer isso com todo um movimento. Nós vamos continuar. E nós vamos parar com a construção desse laboratório.”

Embora o movimento No New Animal Lab tenha sido criado para acabar com a exploração animal na Universidade de Washington, a organização se transformou em uma encarnação moderna do Stop Huntington Animal Cruelty (SHAC), um grupo ativista do Reino Unido e dos Estados Unidos que empregou a ação direta não violenta para fechar o laboratório de pesquisa animals multinacional, Huntington Life Sciences.

Protesto no bairro do presidente da Skanska. Foto: No New Animal Lab
Protesto no bairro do presidente da Skanska. Foto: No New Animal Lab

Para saber mais sobre a campanha, visite o site.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>