• Home
  • Prefeitura, MP e Ibama fazem acordo para reabrir zoo antes do carnaval

Prefeitura, MP e Ibama fazem acordo para reabrir zoo antes do carnaval

0 comments

Após reunião nesta segunda-feira (25) com o Ibama e o Ministério Público, a Secretaria de Meio Ambiente do Rio se comprometeu a realizar as reformas emergenciais até 6 de fevereiro, o que permitiria que o zoológico reabrisse antes no carnaval.

A informação foi divulgada pelo Ibama no mesmo dia em que a polícia achou irregularidades no local durante operação. O presidente da Fundação RioZoo foi levado para prestar esclarecimentos.

Leão marinho em tanque sem água no Zoológico do Rio (Foto: MPF/RJ)
Leão marinho em tanque sem água no Zoológico do Rio (Foto: MPF/RJ)

Entre as obras que deverão estar prontas até esta data estão a recuperação de diversas instalações do local, como a reparação do “núcleo de reprodução” e do “corredor da fauna”; os consertos dos recintos do leão-marinho e das araras, e também deverá ser cumprida a exigência de pelo menos 50% das obras do “viveirão das aves”, e a recuperação de 19 dos 38 recintos do “extra dos mamíferos”, entre outras.

A Secretaria do Meio Ambiente informou que manterá uma força-tarefa com 100 homens da prefeitura trabalhando no local. O Ibama informou ainda que, antes de autorizar a reabertura da visitação, realizará uma vistoria no local, provavelmente no próximo dia 4.

Também nesta segunda, durante uma operação policial, foram achados 160 kgs de carne vencidos que seriam utilizados para consumo dos animais, além de medicamentos que também estavam vencidos e de quatro espingardas de diversos calibres, ilegais, em um armário dentro do hospital veterinário, junto com outros rifles de ar comprimido. Sérgio Luiz Felipe, presidente da fundação, foi conduzido para prestar depoimento.

(foto das armas)

Foto: Daniela Silveira/G1
Foto: Daniela Silveira/G1

Fonte: G1

Nota da Redação: Zoológicos e outros locais que aprisionam animais devem ser completamente extintos. Casos como o do zoológico do Rio servem para alertar a população mundial sobre a injustiça e crueldade escondida atrás de zoológicos e outros locais que mantém animais em cativeiro apenas para divertimento humano. É preciso clarear a consciência para entender e respeitar os direitos animais. Eles não são objetos para serem expostos e servirem ao prazer de seres humanos. As pessoas podem obter alguns minutos de entretenimento, mas para eles é uma vida inteira de exploração e abusos condenados pelo egoísmo humano.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>