• Home
  • Governo estadunidense destrói famílias de ganso de forma cruel

Governo estadunidense destrói famílias de ganso de forma cruel

0 comments

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Gansos-mortos-pela-usda

Em 2012, o jornal News 12 relatou que os Serviços de Vida Silvestre – que fazem parte do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) – foram secretamente até um campo de Golfe em Nova York e assassinaram quase 500 gansos e seus filhotes – sem nenhuma notificação para a comunidade ou discussão pública.

Essa é a norma: os Serviços de Vida Silvestre não notificam a comunidade antes de conduzir a sua controvérsia “guerra contra a vida silvestre” e essa é uma prática comum ao redor dos EUA. Eles operam sem fiscalização ou regulamento, lucrando mais de US$20 milhões de dólares por ano em campos de golfe, parques e para negócios particulares como ranchos. Cidadãos não sabem para quem reclamar depois que descobrem um massacre – eles contatam desesperadamente grupos de defesa animal, a mídia, seus diretores eleitos, inconsoláveis porque estão tardes demais e o assassinato já foi feito. As informações são do The Dodo.

Os dispositivos de morte usados pelo Serviço de Vida Silvestre remetem à tortura: laços usados para estrangular os seus pescoços, armadilhas de aço que os capturam pelas pernas, M-44 cianeto de sódio – eles jogam uma bomba de fósforo dentro de uma toca de filhotes de coiote e fecham a sua entrada com terra. Para assassinar gansos, eles os capturam com iscas e os jogam dentro de gaiolas. Os pássaros então são intoxicados com gás, o que resulta em uma morte lenta e dolorosa. Passantes relatam ouvir os gansos ofegando por ar e batendo suas asas contra a gaiola numa tentativa fútil de escapar. Algumas vezes, os gansos são mortos a tiros.

Os gansos canadenses são modelos de valores de família. Eles são muito leais e protetores de suas famílias. Eles se colocam em perigo para proteger o companheiro e os filhotes. Um ganso não irá abandonar um membro da família ferido e vai proteger o ganso machucado até que ele se recupere ou morra. Muitas pessoas apreciam observar os bebês felpudos – sempre com os pais por perto. Com os seus habitats destruídos pela expansão urbana, famílias de ganso se estabeleceram na “selva de concreto”.

Mas não são os únicos mortos pela agência: os Serviços de Vida Silvestre já assassinaram 2.713.570 animais em 2014, e 4.378.456 em 2013. Isso inclui 570 ursos negros, 322 lobos, 61.702 coiotes, 2.930 raposas e 305 pumas. A agência também matou 3 águia-de-cabeça-grande e 5 águia-real (espécie ameaçada de extinção).

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. É questão de descobrir quem está acima desses assassinos. Quem pode pará-los. Nem as altas cortes, como falam os norte-americanos, podem com eles? Então que as pessoas comecem a tirar fotos desses assassinos e espalhar nas redes sociais pra que todos saibam quem é quem. Daí, as pessoas podem escolher os seus amigos. E os que forem dessa gentalha podem ser SEGREGADOS DA SOCIEDADE. Já que a justiça não pode alcançá-los.

  2. Ah! Duvido que não haja uma forma de pará-los. Se fosse aqui no Brasil, até podia ser, mas lá, não acredito. Porém, eles ainda acreditam, os norte-americanos, que ainda vivem no “velho-oeste”.

  3. que covardes! são uma tropa de mercenários, mas tem é que descobrir quem está por traz de tudo isso e quem ganha mais, e a defesa animal lutar para que isso mude, pelo amor de deus é muita covardia! é muito desrespeito

  4. Como assim, operam sem fiscalização ou regulamento? Quem são essas pessoas? a quem eles respondem? quem criou este órgão? Não foi o Departamento de Agricultura? Então, alguém de lá tem de responder por eles!!!! Estes cretinos não passam de assassinos disfarçados de agentes do governo… é preciso fazer alguma coisa, cobrar do Depto. de Agricultura que fiscalize e regulamente as ações deste grupo de extermínio da vida selvagem…URGENTEMENTE!!!!!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>