• Home
  • Cão é assassinado em operação anti-terror na França

Cão é assassinado em operação anti-terror na França

0 comments

Por Vanessa Nórcia Serrão/ ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Diesel era um pastor belga de 7 anos que atuava como “cão policial” também conhecido pela sigla “K9”. Ele integrava as forças de segurança da França com a função de detectar explosivos.

O cão morreu na terça-feira (17) durante uma operação anti-terror em um apartamento suspeito de ser o esconderijo do mentor dos ataques de sexta-feira em Paris.

Diesel foi o primeiro a entrar no local para avaliar o tipo de ameaça, mas foi morto por uma mulher-bomba, que disparou um fuzil AK47 antes de detonar um cinto de explosivos.

Não houve outras vítimas neste ataque terrorista em um subúrbio parisiense de Saint-Denis, embora vários policiais tenham ficado feridos durante outras operações.

A Polícia Nacional Francesa anunciou a morte de Diesel através do Twitter e descreveu seu desempenho como “indispensável”. O cão está sendo aclamado como herói, pois deu inocentemente sua vida para que seres humanos pudessem ser salvos. Também foi criada a hashtag #jesuischien para homenagear o cão.

Nota da Redação: A posição da ANDA é completamente contrária a qualquer tipo de exploração animal. Por isso, atividades onde animais sejam obrigados a atuar involuntariamente correndo risco de vida constante, como é o caso de cães policiais, são inadmissíveis. Em várias cidades do mundo, as forças policiais exploram cães para rastrear criminosos, farejar materiais ilegais e em outras situações perigosas. No entanto, os animais não escolheram participar deste tipo de operação e não é justo que tenham suas vidas ceifadas como neste trágico episódio.  Os animais merecem total liberdade. 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. OS CÃES SÃO EXPLORADOS NO MUNDO INTEIRO PELO POLICIAMENTO MILITAR.
    NÃO RECEBEM SALÁRIO, POIS SÃO ANIMAIS E ARISCAM SUA VIDA EM PROL DOS HUMANOS.
    NÃO CONCORDO COM ESSA BARBÁRIE.

  2. Em pleno 2015 onde existe tecnologia de ponta como mini Robôs e Drones e muito mas que pode substituir a vida de Animais e ate humanos. Mas os mesmos Humanos continuam insistindo em usar e “Sacrificar Vidas Inocentes”

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>