• Home
  • Jornalista flagra resgate emocionante de filhote de cavalo durante a tragédia de Mariana (MG)

Jornalista flagra resgate emocionante de filhote de cavalo durante a tragédia de Mariana (MG)

0 comments

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Na última quinta-feira (5), duas barragens da empresa Samarco Mineração se romperam na cidade de Mariana, região central de Minas Gerais. A força da água destruiu a cidade e distritos vizinhos. Muitas pessoas estão desaparecidas e uma morte já foi confirmada.

No meio do caos e desespero ocasionado pela enxurrada de lama, animais como cachorros, gatos, cavalos e bois também sofrem. Embora muitos não tenham resistido, grupos de voluntários formados por moradores e veterinários já resgataram mais de 50 animais.

O jornalista Bruno Bou, que escreve para o coletivo Jornalistas Livres, esteve em Mariana no dia seguinte à tragédia e fez parte de uma ação emocionante. Enquanto fotografava a situação da cidade, Bruno ouviu dois cavalos urrando em desespero. Pediu ajuda e conseguiu com que um grupo de mais de 20 homens e mulheres se dedicassem por mais de uma hora e meia no salvamento.

Infelizmente, eles não conseguiram salvar a égua, provável mãe do filhote, mas o potrinho foi resgatado e está bem. A força da lama, segundo descreve o jornalista, é impressionante e tornou até mesmo o resgate do potrinho algo bastante difícil, mesmo para profissionais acostumados com emergências.

A prioridade era resgatar seres humanos, mas, como no momento não havia nenhum sinal de sobreviventes a serem retirados da lama, os bombeiros partiram para o salvamento do cavalinho. “Os bombeiros trabalham com vida, qualquer forma de vida.” – disse o subtenente Selmo de Andradre.

O relato do jornalista Bruno Bou é muito bem escrito (leia aqui) e demonstra que, mesmo em situações de tragédia humanitária, ainda há compaixão aos animais.

Fonte: Surgiu

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Viram só??? “Não havia no momento nenhuma “gente” pra salvar …” E ainda tiveram o peito de dizer que não puderam salvar a mãe??? Mentira!!! Se fosse “gente” eles nunca desistiriam. Conta outra!!! Não vou esquecer essa pobre égua morrendo afogada, sufocada por lama. Não!!! Não tem desculpa deixar esse pobre bicho morrer. Aliás, deixar qualquer bicho morrer.

    1. Realmente não tem desculpas. Poderiam usar helicóptero para içar esses animais. Acho um descaso deixar esses animais morrerem dessa forma.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>