• Home
  • Animal vítima de maus-tratos morre enforcado ao ser amarrado em grade

Animal vítima de maus-tratos morre enforcado ao ser amarrado em grade

0 comments

Dona prende cachorro em janela e animal morre enforcado (Foto: Taisa Alencar/G1)
Tutora prende cachorro em janela e animal morre enforcado (Foto: Taisa Alencar/G1)

Uma mulher de 48 anos foi autuada, nesta quarta-feira (30) por maus-tratos a animais em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A Polícia Militar (PM), a Guarda Municipal e o Centro de Controle de Zoonoses receberam uma denúncia depois que os vizinhos viram que um dos cachorros havia morrido enforcado, no interior de uma casa, na Rua 32, do bairro Loteamento Recife, Zona Leste da cidade.

No momento da chegada da equipe, a mulher não estava no local e a casa estava fechada. Além do animal morto que estava preso, acorrentado a uma grande, os ficais identificaram a presença de mais três animais. Todos estavam magros, em um quintal sujo, com fezes, urina e sem água e ração.

A dona da residência, é uma assistente educacional que trabalhava em uma creche. Ela se defendeu e disse que os animais não sofriam maus-tratos. “O cachorro se enforcou e agora a culpa é minha, porque eu não sei. Todos os dias eu estava vindo, colocando água, comida. Se eu não tivesse colocando, eu dizia, ou então já tinha dado”, explicou Maria Sironeide dos Santos.

Ainda de acordo com a assistente, o animal costuma ficar amarrado. “Ele ficava preso por muitos dias. Eu colocava ele aqui e os outros lá atrás. Eles sempre ficam amarrados. Ele estava preso há vários dias. Tinha que afastar um cachorro do outro, por isso que eu amarrei e separei. Não vi que estava ficando enforcado, se não, eu tinha tirado, tinha feito alguma coisa”, argumentou.

Segundo o médico veterinário do Centro de Zoonoses, Washington Luiz, o animal estava morto há cerca de seis horas. “Recebemos uma denúncia de maus-tratos e quando chegamos no local vimos que o animal realmente estava morto, por falta de ar, porque a corda também estava pequena, amarrada na janela. Provavelmente ele começou a se enrolar e acabou se enforcando”, disse.

Além da morte do cachorro, o veterinário ressaltou que o ambiente não era adequado para criação de animais. “Encontramos também a questão dos maus-tratos, falta de água, de comida. Os animais sem abrigo do sol, a corrente pequena e por isso eles foram recolhidos e a proprietária enquadrada na Lei Federal de Crimes Ambientais e na Lei Estadual, do Código Sanitário de Proteção aos Animais. A proprietária da casa pode responder no âmbito federal, pagando multa e detenção e no estadual a pena maior seria a multa de até R$ 10 mil”, explicou.

O cabo Walter Lins da Polícia Militar informou que depois do flagrante, seria preenchido o boletim de ocorrência, junto com a Guarda Municipal e encaminhado para o Ministério Público.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. que absurdo!! esse pobre animal fo torturado por esta psicopata por muito tempo, a maneira como voce trata animais reflete a maneira como voce trata os seus iguais, os psicopatas usam a crueldade contra animais para exercer seus primeiros crimes, e justamente por que não sao punidos e nao recebem tratamento psiquiátrico, eles se sentem encorajados a aplicar sua crueldade em seres humanos. Essa senhora merecia castigo muito maior do que lhe foi dado, torturou e matou esse pobre anjo.

  2. Triste ver q algumas pessoas ñ vêem os animais como seres vivos,acredito q a tendência seja realmente de punição a quem pratica maldades contra os animais,já chega de tanto sofrimento

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>