• Home
  • Família constrói 'casa' para araras em tronco de palmeira na capital de MS

Família constrói 'casa' para araras em tronco de palmeira na capital de MS

0 comments

Militar construiu a casa para as aves com ajuda de amigo e carpinteiro (Foto: Priscilla Santos/ G1 MS)
Militar construiu a casa para as aves com ajuda de amigo e carpinteiro (Foto: Priscilla Santos/ G1 MS)

Uma família de Campo Grande construiu uma ‘casa’ para araras no alto de uma palmeira imperial. O local virou ‘ponto turístico’. Quem vê o tronco da árvore com uma estrutura em madeira se encanta com os moradores: araras canindé.

Mas, no começo, a situação não era tão tranquila assim. As folhas da palmeira caíam na cerca elétrica e o alarme disparava. Se a família não estava em casa era logo acionada por vizinhos para dar fim ao incômodo e por várias vezes o dispositivo de segurança teve que ser trocado.

Depois de cinco anos com essa realidade, a professora Márcia Maria Maidanna Cristaldo, de 43 anos, e o marido, o bombeiro militar Pedro Centurião Filho, de 54 anos, cortaram as folhas. Neste período, a árvore já era visitada por tucanos, periquitos, papagaios e outras aves.

Márcia conta que a intenção inicial era apenas evitar os prejuízos com manutenção da cerca elétrica e da árvore. Mas, como as araras também passaram a visitar o tronco, ela, o marido e um amigo decidiram fazer do local a morada das aves.

Casinha

A professora, que já têm um cachorro e um louro, conta que não acreditou que as aves passariam a morar na nova ‘construção’. “Primeiro fizemos apenas um buraco lá em cima para elas entrarem, mas quando chovia acumulava água no buraco e a gente ficava com dó”, esclarece.

No primeiro projeto, foi pensado na sacada. “Quando colocamos a sacada, elas vinham, sobrevoavam e iam embora, acho que elas [araras] não gostaram muito de termos mexido lá [no tronco],” explica a educadora. Depois, eles colocaram uma cobertura.

Segundo a moradora, foram preciso vários meses para concluir a construção da casa, já que as araras precisavam se adaptar aos poucos com a nova e diferente moradia.

Além de desembolsar R$ 1 mil para colocar o projeto em prática, o bombeiro contou com a ajuda de um amigo da mesma profissão para cortar a planta e um carpinteiro para construir a casa para as aves.

“Eu contei o que eu queria fazer para o sargento Monteiro e na hora ele abraçou a ideia e toda vez que está de folga, ele me ajuda”, conta o militar.

Turismo

A vizinha da família, Maria Rosário Garcia, de 80 anos, conta que muitas pessoas param no local para tirar fotografias. “ Eu acho muito lindo, virou um ponto turístico, é muito bonito de ver”, finaliza a aposentada.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>