• Home
  • "Eu sou Cecil": campanha virtual conscientiza sobre sofrimento de animais mortos para consumo humano

"Eu sou Cecil": campanha virtual conscientiza sobre sofrimento de animais mortos para consumo humano

0 comments

(da Redação)

Foto: Their Turn
Foto: Their Turn

Ao longo dos últimos dias, o cruel assassinato do leão Cecil atraiu a atenção de milhões de pessoas nas redes sociais. Cecil foi um conhecido e adorado leão residente numa reserva nacional do Zimbábue. No entanto, a maior parte das pessoas que se revoltaram com sua morte normalmente não se preocupam nem um pouco com outras questões importantes de direitos animais, segundo informações do site Their Turn.

É importante aproveitar esse momento de revolta e indignação para conscientizar as pessoas sobre o sofrimento de outros animais, que são igualmente merecedores de uma vida digna livre de sofrimento. Como fazer para relacionar o sofrimento de Cecil, que agonizou durante 40 horas, à dor dos bilhões de animais que vivem em fazendas de criação, cujas vidas se resumem a um sofrimento interminável?

Usemos esse raro momento em que o mundo está prestando atenção aos direitos animais para garantir que a morte de Cecil não seja em vão. É preciso esclarecer as pessoas de que não há diferença entre os animais que amamos (como leões, baleias e cachorros) e aqueles que consumimos.

Alguns usuários do Facebook têm feito exatamente isso, ao compartilhar as seguintes imagens na rede social, para conscientizar as pessoas de que os animais explorados em fazendas merecem viver em paz tanto quanto o pobre leão Cecil.

Foto: Their Turn
Foto: Their Turn

 

Foto: Their Turn
Foto: Their Turn
Foto: Their Turn
Foto: Their Turn

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. A mídia (principalmente a televisiva) e a Igreja de maneira geral são totalmente omissas em relação a este tema.
    Na TV a cabo há um canal chamado Animal Planet que poderia fazer muito mais em prol dos animais, mas a grade é quase toda dedicada aos pets. Isso quando não mostra uns babacas que vão para África tirar o sossego dos animais. Já vi vários programas nesse canal mostrando como se deve matar um aligator americano.
    É o cúmulo do absurdo. Um canal desses presta um desserviço!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>