• Home
  • Implantação de Hospital Veterinário Regional é discutido entre cinco cidades

Implantação de Hospital Veterinário Regional é discutido entre cinco cidades

0 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Cinco cidades da região se organizam em prol da instalação de um Hospital Veterinário Regional de caráter público. No começo deste mês, os prefeitos de Hortolândia, Antonio Meira; de Nova Odessa, Benjamim Bill Vieira de Souza; de Sumaré, Cristina Carrara; e de Americana, Omar Najar; o secretário de Meio Ambiente de Santa Bárbara d’Oeste, Cleber Luís Canteiro; e o deputado estadual Feliciano Filho (PEN); se reuniram para discutir a proposta.

O hospital veterinário seria destinado ao atendimento preventivo de cães e gatos de famílias de baixa renda, tendo como foco a castração e o tratamento de doenças específicas dos animais.

Para viabilizar o equipamento público, as Prefeituras contariam com uma área pública de 100 mil metros quadrados localizada em Nova Odessa. A área, conta com a estrutura física, cabendo a adequação para o atendimento à saúde animal.

Para a gestão do espaço, a proposta é a criação de um consórcio entre os municípios, que arcariam com o custeio da unidade. O deputado Feliciano se comprometeu em conseguir verba, através de emenda, para equipar o espaço.

A escolha de Nova Odessa para sediar o projeto se deve a localização privilegiada. A cidade está geograficamente localizada no meio da região, o que representa que a abrangência seria de um raio de 25 quilômetros, facilitando o acesso ao serviço pelos demais municípios.

O próximo passo do projeto embrionário será a assinatura conjunta de uma carta de intenção dos prefeitos sobre a área, a ser encaminhada para análise do governo estadual. “Vamos fazer este documento com assinatura destes cinco municípios participantes, já mostrando que queremos a área. Este é um passo muito importante para este projeto”, disse a prefeita de Sumaré.

O prefeito de Nova Odessa lembrou que todos os municípios hoje têm dificuldade em relação à prestação dos serviços relacionados à castração e esterilização, bem como tratamento dos animais nos canis. “Acredito que unindo forças vamos poder oferecer um atendimento melhor”, disse.

Para o prefeito de Hortolândia, a iniciativa de trabalhar a questão animal em conjunto demonstra que esta é uma preocupação comum aos municípios e o hospital veterinário regional pode representar um grande avanço. “As cinco cidades são muito próximas umas das outras e sabemos que não é raro o abandono de animais nas divisas. O fato é que, sozinhas, cada cidade segue ritmo diferente e uma unidade regional de saúde animal representaria um grande avanço tanto em saúde pública, quanto para o bem-estar animal”, analisou.

Feliciano destacou que o projeto é inédito, já que os hospitais veterinários públicos existentes contam apenas com atendimento veterinário aos animais e nesta proposta, a ideia é oferecer também serviços de castração.

Na ala de atendimento, a expectativa é contar com especialistas em áreas como oncologia, oftalmologia e ortopedia. “Será um centro de referência em todo país”, comentou o deputado.

Números

Durante a reunião, Feliciano destacou a importância de cuidar dos animais. Segundo ele, pesquisa recente divulgada pela Revista Veja apontou que no Brasil existem 52 milhões de cães e 48 milhões de crianças.

Uma outra pesquisa da USP (Universidade de São Paulo) mostra que entre 2004 e 2010 a população humana cresceu 3,6%, a canina 60% e a felina 152%. A expectativa é que, até 2030, existam mais cães e gatos que seres humanos.

Fonte: Página Popular

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>