• Home
  • Casal de araras escolhe cães como amigos em Aquidauana (MS)

Casal de araras escolhe cães como amigos em Aquidauana (MS)

0 comments

Neguinho não quis muita conversa com a visitante  (Foto: Divulgação / O Pantaneiro)
Neguinho não quis muita conversa com a visitante
(Foto: Divulgação / O Pantaneiro)

Depois da arara Alice, conhecida por pegar carona em capacetes de ciclistas e em carros no distrito de Piraputanga, agora um casal de araras da espécie canindé de Aquidauana, município a 142 quilômetros de Campo Grande, escolheu cães como amigos. A amizade está fazendo a alegria dos moradores do município.

A tutora dos cachorros, Maria Silvana, que mora no Bairro Guanandy, conta que recebe a visita das aves há dois anos. “Comecei a reparar nelas, quando pousavam nas árvores próximas do meu quintal. Vi que era frequente, aí comecei a conversar com elas, e foram se aproximando e nossa amizade dura até hoje”, contou orgulhosa da aproximação que tem com as araras. Ela conta que as amigas aparecem duas vezes por dia e se não fecha as portas da casa, elas entram mesmo.

As aves não desanimaram e trataram de estreitar laços com outro integrante da casa. Além de se deliciarem com sementes que são preparadas para elas, a diversão é brincar com a cadelinha. “Uma em especial gosta de brincar com meus cachorros. Tenho um, o ‘amigo’, que quando pequeno brincava muito com uma delas aqui no quintal, mas ele cresceu e ficou preguiçoso. Esses tempos vi que uma das araras entrou em casa, hora que eu corri pra ver onde ela foi parar, estava em cima da cama brincando com a pequena, não pensei duas vezes em registrar a bagunça das duas”.

Salomão Júnior, morador do Bairro Serraria, ficou impressionado de ver um casal de canindés na porta da sua casa. “Faz uns dois dias que me deparei com uma delas aqui na mureta da casa da vizinha, meu cachorro estava na calçada, e ela estava tentando ‘brincar’ com ele, mas o Neguinho ficou bravo, queria avançar. Mesmo assim, ela não desistiu”, contou.

De acordo com o site O Pantaneiro, Salomão fez um teste para saber se realmente as araras estavam na casa por conta dos cães, então colocou o cachorro na calçada preso a uma corrente, para garantir a segurança e a arara voltou.

Outro caso

Há um mês o Portal Correio do Estado publicou uma das caronas que a arara Alice costuma pegar no capacetes de ciclistas que passam pela região de Piraputanga, distante 113 quilômetros de Campo Grande,.

Sobre a espécie

A arara-canindé (Ara ararauna, Linnaeus, 1758), também conhecida como arara-de-barriga-amarela, arari, arara-amarela, arara-azul-e-amarela, araraí e canindé, é uma das mais conhecidas representantes do gênero Ara, sendo uma das espécies emblemáticas do cerrado brasileiro e importante para muitas comunidades indígenas.

As araras-canindé são talvez dentre todas as araras as mais populares como animal doméstico, exercendo um fascínio que remonta aos primórdios do Brasil Colônia. Os indivíduos desta espécie pesam cerca de 1,1 quilogramas e chegam a medir até noventa centímetros de comprimento, com partes superiores azuis e inferiores amarelas, alto da cabeça verde, fileiras de penas faciais negras, olhos de íris amarela e garganta negra.

Veja imagens da aproximação das aves:

Fonte: Correio do Estado

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>