• Home
  • Mãezinha é baleada por policial por proteger seus filhotes

Mãezinha é baleada por policial por proteger seus filhotes

0 comments

Por Marli Delucca (da Redação)

milagros_thumb[1]

Ao ouvir disparos, vizinhos foram até o local ver o que estava acontecendo, mesmo baleada e sem conseguir levantar do chão, a cachorrinha abanava o rabinho por entre suas pernas. Os vizinhos então a retiraram da terra e a colocaram sobre um colchão até a chegada do resgate.

A cachorrinha que recebeu o nome de Milagros, após ser baleada com 5 tiros por um policial, luta para sobreviver em Neuquén, na Argentina.

Milagros que vagava pelas ruas, havia dado à luz 10 filhotes há 15 dias. Mesmo faminta, fraca e debilitada, Milagros amamentava os recém-nascidos, quando o policial disparou sua arma contra ela e seus filhotes.

milagros

Os vizinhos chamaram a corregedoria de polícia que levou Milagros para uma clínica veterinária.

Um filhote morreu, outros dois ficaram feridos e Milagros, além de perder um olho, teve a língua e a mandíbula dilacerados pelos disparos, e teve que ser alimentada através de uma sonda nasogástrica devido à cirurgia de mandíbula, a qual ela foi submetida.

Os filhotes que sobreviveram ao fuzilamento foram levados e divididos entre três lares temporários, onde havia outras cadelas que os pudessem amamentar.

Maximiliano Mellado, o policial que baleou Milagros, foi levado a carceragem da polícia e está detido.

Os vizinhos ficaram alarmados com a atitude do policial, e recordaram que há alguns dias atrás, durante uma partida do River, ele saiu para o quintal e disparou para o céu. “Usa sua arma para festejar, e é arrogante. O que podemos esperar, que uma bala perdida mate um de nossos filho?”, disse uma vizinha diante da gravidade da situação.

milagros-perritaok_thumb[1]

Os vizinhos disseram que ele têm entre 25 e 27 anos de idade e vive no lugar há duas semanas. O corregedor disse que o policial contou que Milagros havia mordido um de seus cachorros e que então ele sacou a arma e disparou.

Ou seja o policial passeava sem coleira com seus cães, que se aproximaram do matagal onde Milagros aquecia seus filhotes recém-nascidos, e como toda boa mãe se colocou em defesa de sua cria com aproximação de outros cães.

Após o ato condenável, o policial foi afastado do cargo e agora responderá ao processo instaurado pela polícia de Neuquén.

Milagros foi baleada no último dia 10, e estava aos cuidados do veterinário Federico Lopez, que informou que seu estado de saúde piorou e que ele não poderia salvá-la. “Ela estava lutando”, disse ele com angústia que diante deste novo ato de abuso de animais. Agora, seus filhotes estão sendo cuidados por mães de leite.

O veterinário expressou sua tristeza e confessou estar arrependido de ter se “atrasado”. “Se tivéssemos castrados todos os animais do bairro antes, talvez ela não tivesse passado por isso”.

Altamente desnutrida, o focinho de Milagros começou a necrosar, uma situação que não poderia ser revertida, segundo o veterinário que optou pela eutanásia da cadela.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. E aposto que esse policial diz-se cristão, um homem bom e de correto.
    Certamente estamos vivendo tempos de expiação. Seria a única explicação para tantas e tamanhas atrocidades.

    Que os filhotinhos de Milagros fiquem bem e perpetuem a mãezinha deles

    1. Paula Regina, o que a faz pensar que este criminoso “diz-se Cristão, um homem bom e de correto”? É bom lembrar que há uma grande diferença entre “dizer ser” e realmente ser!

  2. Triste e lamentável. Mas uma besta humana fazendo sandices sendo que é pago para proteger a população e não para brincar de tiro ao alvo.

  3. esse policial monstro que fique com remorso para o resto de sua vida,e que todas as noites sonhe com a cadela e nunca mais consiga dormir,e os filhotes que sejam muito amados pelos seus adotantes

  4. Esse ser repugnante que pra mim não considero cmo ser humano porque não é pois no lugar do coração tem um rochedo merecia era levar tb um tiro valente no meio dos miolos e ficar lgo ali estendido no chão em sofrimento sm ninguém o ajudar pq assim esse monstro sentia na pele o q a pobre da cadelinha sentiu ao ser alvejada as dores q sentiu o sofrimento dla e o desespero dla ao ver os filhotes dla em perigo ao ponto de ver um dos anjinhos dla a morrer e apesar de lutar pla vida dla e plos filhotes dla ele acabou por não resistir as sequelas e teve q ser eutanasiada infelizmente…. Só espero q os filhotes sobreviventes dla cresçam fortes e saudaveis sem ficarem cm traumas do sucedido….. Ao monstro q provocou de imediato a morte dum ser vivo bebé alvejando-o q levou tb à morte de outro ser vivo q tb n resistiu as sequelas dos ferimentos a esse desgraçado repugnante desejo-lhe e q lhe arrebentem cm os miolos e espero que dps fez a pobre da cadelinha da rua q apenas só quis defender os anjinhos dla que os animais q ele tem lhes sejam retirados pois se fez isso a uma anjinha da rua abandonada e seus filhotes tb é capaz de fazer o msmo a um dos animais dele ou até pior

  5. NÃO CONCORDO COM A EUTANASIA NAO.TINHA QUE DEIXAR ELA MORRER NATURALMENTE.ERA PARA SALVAR E NÃO PARA MATAR.E TEM QUE FAZER O MESMO COM ESSE VERME.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>