• Home
  • Resgate de aves no Oeste Paulista cresce 144% no 1º quadrimestre

Resgate de aves no Oeste Paulista cresce 144% no 1º quadrimestre

0 comments

Aves são levadas para o Apass, em Assis (Foto: Mariane Peres/G1)
Aves são levadas para o Apass, em Assis (Foto: Mariane Peres/G1)

No mês de abril, 73 aves foram resgatadas no Oeste Paulista. Destas, 44 foram em Piquerobi, 22 em Pacaembu, três em Lucélia e quatro em Presidente Prudente. O número de ocorrências no primeiro quadrimestre de 2015 totaliza 105 resgates de pássaros, quantidade bem maior que as 43 operações realizadas no mesmo período de 2014. Isso indica uma alta de 144,18% nos casos de resgate de animais silvestres.

Segundo as informações da Policia Ambiental de Presidente Prudente, muitas aves e filhotes de psitacídeos (papagaios, maritacas, periquitos, araras), vindos do Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso tem como rota a Rodovia Raposo Tavares (SP-270), passando por Presidente Prudente com direção a São Paulo e Rio de Janeiro. Todos os animais capturados são depositados na Associação de Proteção de Animais Silvestres (Apass) que fica em de Assis.

Fonte: G1

Nota da Redação: Como nós, os animais nasceram para viver livremente. Manter um animal engaiolado é um dos crimes mais cruéis do ponto de vista ético. Infelizmente as nossas leis ainda permitem que algumas espécies de aves sejam caçadas, comercializadas e aprisionadas apenas para satisfazer a ganância e os desejos inconscientes e cruéis de algumas pessoas. Não podemos mais aceitar calados este tipo de prática como também todas as outras que tratam os animais apenas como mercadoria ou objeto de decoração. As leis precisam avançar e proibir qualquer forma de manutenção de animais em cativeiro.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>