• Home
  • Guarda Municipal estoura canil clandestino onde 8 cães sofriam maus-tratos

Guarda Municipal estoura canil clandestino onde 8 cães sofriam maus-tratos

0 comments

Dois dos oito cães que sofriam maus-tratos em canil desmantelado pela GM de Campinas nesta quarta-feira (6)
Dois dos oito cães que sofriam maus-tratos em canil desmantelado pela GM de Campinas nesta quarta-feira (6)

A Guarda Municipal de Campinas desmantelou nesta quarta-feira (6) um canil clandestino que vendia filhotes de oito adultos mantidos em condições de maus-tratos no Jardim Londres, próximo ao Campinas Shopping.

No momento do resgate, “seis deles estavam presos, trancados em um quarto escuro”, relatou o GM Alexandre Rangel. O resgate foi feita por Rangel e pelo guarda Emerson Carlos.

À reportagem, o proprietário do canil, E.C, que é estudante de medicina-veterinária, negou que os cães estivessem maltratados e que os criasse comercialmente. “Não vivo disso”, afirmou. Para o GM, entretanto, confessou o comércio. A confissão foi gravada por Rangel.

“A GM foi até o local e constatou a situação de maus-tratos”, afirmou o delegado da 2ª Delegacia Seccional de Campinas, Rodrigo Otávio Aydar Monteiro. “Um termo circunstanciado será registrado, e o andamento da investigação será feito pelo 2°D.P.”.

A denúncia foi feita por vizinhos ao grupo OperaCÃO Resgate pelo Facebook na madrugada de terça-feira (5). Após o flagra da GM, foram levados à 2ª Seccional.

Trata-se de seis spitz alemão e dois lhasa apso, que estão agora sob a tutela da fundadora do grupo, Marjorie Rodrigues. Até o final do processo na Justiça, não poderão ser doados.

Entretanto, caso E.C seja condenado e perca definitivamente a guarda, os oito animais poderão ser postos para adoção.

Pelos maus-tratos, E.C “pode pegar de três meses a um ano de prisão”, informa a advogada Angelica Soares, presidente da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Campinas e membro suplente do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Campinas (Comdema). “Já pelo comércio ilegal, pode ser multado pelo Prefeitura”, completa a especialista.

Maus-tratos é crime, pelo artigo 32 da pela Lei 9.605 de 1998. Já o comércio ilegal, é passível de processo administrativo pela Resolução 1.069 de 2014 do Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Angelica é advogada do OperaCÃO Resgate e orientou o grupo como proceder com a denúncia.

Saúde

Os animais passarão por consulta com a veterinária para averiguação do estado de saúde. Se constatada alguma doença, serão medicados.

Também serão vacinados, e, caso fiquem definitivamente com o grupo, serão castrados e colocados para adoção.

Ajuda

O grupo precisa de ajuda para a manutenção dos oito animais resgatados do canil.

É especializado em resgastes de casos críticos, como cães queimados, estuprados e jogados no lixo.

Não conta com ajuda governamental, e, para sobreviver conta com doações.
A fim de levantar recursos, fez rifas e bazares, com itens doados.

Seu próximo bazar será no sábado, 23 de maio, das 10h às 17h, no número 78 da Rua Sampainho, no Cambuí.

Fonte: Correio Popular

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Mais um futuro veterinário sem noção de nada. imagina exercendo a profissão!
    Parabéns pessoas do bem envolvidas no resgate.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>