• Home
  • Tutores denunciam matança de gatos e cães por envenenamento em MT

Tutores denunciam matança de gatos e cães por envenenamento em MT

0 comments

Dono mostrou fotos do cachorro que morreu envenenado. (Foto: Reprodução/ TVCA)
Tutor mostra fotos do cachorro que morreu envenenado.
(Foto: Reprodução/ TVCA)

O suposto envenenamento de animais domésticos em Sinop, a 503 km de Cuiabá, tem sido motivo de revolta para os moradores do Bairro Boa Esperança, naquele município.

Em menos de uma semana, oito animais morreram com os mesmos sintomas. A orientação da polícia é que os tutores registrem boletim de ocorrência. Envenenar animais é crime, com pena prevista em lei.

A doméstica Marinalva Torres chora pela morte do gato doméstico dela. “O ser humano não poderia fazer isso com animais. Foi veneno sim e as pessoas não poderiam fazer isso com os animais. É muita covardida”, afirmou.

Além dela, outros moradores do bairro estão revoltados com a morte de cinco gatos e três cachorros na última semana, como o pedreiro José da Silva. “Meu cachorro foi morto com veneno. Isso é maldade. Tem que fazer investigação para tentar encontrar o veneno que estão dando. Conheço quando é envenenamento”, declarou.

De acordo com as clínicas veterinárias da cidade, em 90% dos casos de envenenamento e intoxicação, o animal morre pela demora em receber atendimento de emergência. “É importante fazer os primeiros socorros em casa. O envenamento e a intoxicação é muito rápida, principalmente por alguns pesticidas e inseticidas, agindo diretamente na corrente sanguínea,. atacando o sistema nervoso central”, disse a veterinária Bruna Mezzacasa.

Além da agilidade, o tutor não deve oferecer nenhum tipo de comida ou remédio ao animal. Em alguns casos, isso pode tornar a situação irreversível.

“Nunca dar leite ou medicação que corte o vômito do animal, manter o animal deitado de lado, não dar nenhuma comida e levá-lo o quanto antes para o veterinário”, orientou.

O auxiliar de produção de uma empresa, Antônio Ruiz, agiu com rapidez e, mesmo assim, o animal dele não resistiu e morreu. Só restaram as fotografias do animal, o sentimento e a esperança de que se faça Justiça. “Era como uma criança para nós. É revoltante. Foi veneno e esperamos Justiça”, afirmou.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>