• Home
  • Partido denuncia política de “holocausto” animal em Madeira, Portugal

Partido denuncia política de “holocausto” animal em Madeira, Portugal

0 comments

Foto Hélder Santos/ASPRESS
Foto Hélder Santos/ASPRESS

O PCP considera que a política de assassinato de animais abandonados em Madeira é comparável ao “holocausto”. “Consideramos que é uma política de matança, de holocausto mesmo”. A nova deputada comunista, Sílvia Martinha socorre-se dos “números assustadores” para sustentar a declaração.

“Em termos relativos temos, em 2013 e 2014, a morte de animais esteve na ordem dos três a quatro animais por dia, o que consideramos que isto configura um carácter de holocausto”, denunciou, prometendo que o grupo parlamentar da CDU-Madeira irá desencadear diligências no parlamento regional para poder travar esta mortandade animal que acontece na Madeira, anunciou.

A finalidade desta ação culminará na apresentação de uma a iniciativa legislativa que visa a “proibição da matança de animais abandonados na Região”, destacou a parlamentar que esta tarde promoveu uma conferência de imprensa para dar conta da situação.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: Diário de Notícias

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>