• Home
  • Potro deixado para morrer consegue ficar de pé novamente após tratamento

Potro deixado para morrer consegue ficar de pé novamente após tratamento

0 comments

(da Redação)

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

Um potro chamado Gizmo foi encontrado abandonado em uma estrada em fevereiro e está se recuperando gradualmente, graças aos esforços incansáveis de pessoas que se recusaram a desistir dele. As informações são do The Dodo e da BBC.

A RSPCA havia sido alertada sobre um filhote que entrou em colapso nas proximidades de Essex, na Inglaterra, e que parecia estar perto de seu último suspiro. O magro animal estava tão fraco e desidratado que não conseguia sequer erguer a cabeça e ficar de pé. Estava claro para os resgatadores que ele havia sido deixado para morrer.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

No momento do resgate, Gizmo tinha dificuldade até mesmo para se mover, e por isso teve de ser carregado com segurança em um cobertor. Ele foi então colocado nas mãos cuidadosas da equipe da clínica veterinária Catley Cross, que imediatamente correu para hidratar o seu frágil corpo com um soro intravenoso.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

Apesar de estar sob cuidados de especialistas, não havia certeza se o filhote de cavalo sobreviveria — mas a equipe fez o seu melhor para fazer com que ele se sentisse confortável.

Conforme a triste história de Gizmo passou a ser conhecida, doações começaram a surgir de toda parte, tanto em dinheiro quanto na forma de cobertores para ajudar a mantê-lo aquecido no frio congelante do último inverno. Em uma semana, cerca de 30 mil dólares foram levantados para os seus cuidados.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

Gizmo também recebeu de presente um bicho de pelúcia, com quem ele compartilhou a sua sala de recuperação – um simples gesto de conforto após a provação tão desoladora pela qual ele passou.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

Embora os seus primeiros dias tivessem sido como uma montanha-russa de progressos e recaídas, Gizmo provou ser um lutador. Durante semanas, ele estava muito fraco para manter-se de pé, e uma espécie de guincho teve de ser usado para movê-lo regularmente.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

Ele foi capaz de andar duas semanas após ter chegado à clínica, mas apenas recentemente conseguiu ficar de pé por si mesmo, disse a veterinária Carolyn Wyse em um comunicado.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

A recuperação de Gizmo foi milagrosa, porém tem sido gradual. A equipe está considerando mantê-lo sob seus cuidados pelos próximos dois anos, período que Wyse considera necessário para que ele esteja totalmente preparado para um realojamento.

Segundo a reportagem, outros sete cavalos estão sendo ajudados com os recursos extras recebidos como doações para Gizmo.

Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic
Foto: Catley Cross Veterinary Clinic

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Um bebê conhecendo o abandono sem entender a razão disso e antes mesmo de aprender a coragem de suporta-lo, é de partir o coração.

  2. A prova maior de que amor e dedicação superam barreiras aparentemente intransponíveis, está aí. A entrega de seus cuidadores e a solidariedade de muitos, que não se deram por vencidos, operou o Milagre da Vida. Pena que isto não aconteça em outros lugares como o Brasil, onde as pessoas já se acostumaram a desacreditar das boas intenções, e na dúvida, quem sofre são os animais. Eu escrevo isto, porque vejo constantemente neste mesmo site: quando se trata de pedir ajuda para cuidar de um animal que foi atropelado ou que sofreu maus tratos – onde o custo é muito alto – ninguém comenta sobre o assunto, e assim, inúmeros animais são abandonados para morrer por falta de solidariedade. Assim como, ninguém defende um animal quando este está sendo maltratado, como aconteceu recentemente e foi noticiado na ANDA “Cadela é morta a chutes no cemitério São João Batista, Zona Sul de Manaus (AM)” e as pessoas preferiram assistir em vídeo o triste desfecho da morte do animal. Haja coração para assistir tanta hipocrisia!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>