• Home
  • Consultório veterinário atende animais carentes de Barra Mansa (RJ)

Consultório veterinário atende animais carentes de Barra Mansa (RJ)

0 comments

Aqueles que querem utilizar o recurso têm que ser morador de Barra Mansa e ter a carteirinha do SUS (Foto: Arquivo)
Aqueles que querem utilizar o recurso têm que ser morador de Barra Mansa e ter a carteirinha do SUS (Foto: Arquivo)

O Consultório Municipal Veterinário São Francisco de Assis, que fica localizado no Centro, proporciona consultas para cães e gatos carentes e com tutores que não podem pagar pelo atendimento. O projeto, feito em parceria entre as secretarias de Saúde e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, é o único e o primeiro com os mesmos padrões, em toda a região Sul Fluminense. Os recursos são dados pela prefeitura.

De acordo com o veterinário e clinico responsável pelo consultório, Fernando Soares Franco, o objetivo é proporcionar consultas e vacinação para os animais carentes. Aqueles que querem utilizar o recurso têm que ser morador de Barra Mansa e ter a carteirinha do SUS. Quem não tiver a carteirinha, pode somente apresentar o comprovante de residência para conseguir o atendimento. A clínica funciona de 9h às 16h com um veterinário o tempo todo.

Fernando ainda lembrou que pessoas precisam trazer os animais para que eles possam ser atendidos. E o mesmo que trouxer, precisa levar de volta. O animal pode ser abandonado, mas precisa de um responsável por ele.

“Nós não atendemos a domicilio. O animal tem que estar aqui para receber a consulta”,  disse o Franco.

O veterinário ainda lembrou que o próximo passo é fazer a castração dos cães e gatos. Mas ainda não há previsão de um começo, por que ainda falta a autorização do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) e alguns remédios que complementem o processo.

“Temos toda a estrutura e a aparelhagem. Está tudo novo e esperando pra começar”, contou Fernando.

O Clinico explicou que as cirurgias de castração serão realizadas, inicialmente, nos animais das ONGs cadastradas no município. Agentes da Vigilância em Saúde vão percorrer os bairros com agentes dos PSFs (Posto de Saúde da Família) para realizar o cadastro de animais domésticos, fazendo, dessa forma, um censo animal para o controle. “Esses animais também ficam cadastrados no consultório veterinário para possíveis consultas e cirurgias” frisou Fernando.

A estudante de veterinária e estagiária da clinica, Gabriela Alves Leal, disse que acompanhar o atendimento com um profissional da área está sendo muito importante para a sua formação.

“Na sala, a gente aprende a teoria, aqui eu aprendo na prática”, finalizou Gabriela.

Fonte: Diário do Vale

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>