• Home
  • Voluntários fazem campanha para abrigar animais no inverno

Voluntários fazem campanha para abrigar animais no inverno

0 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Animais, assim como os seres humanos, sentem muito frio e estão sujeitos a sofrer hipotermia, por isso é muito importante ajudarmos a abrigar os cães e gatos abandonados.

“Se está frio para você, está frio para um animal”. É com essa afirmativa que ONGs norte-americanas espalham suas campanhas para dar abrigo aos animais não apenas domésticos, mas também abandonados. Por causa do frio intenso que cai sobre os Estados Unidos, é comum ver que infelizmente muitos animais, especialmente cães, morrem congelados. Ou porque os tutores acabam “esquecendo” seus animais para fora de casa, ou porque, sendo animais “sem teto”, esses cachorros não têm onde se aquecer.

Aqui no Brasil, guardadas as devidas proporções, o frio, ainda que menos cruel do que no hemisfério norte, também afeta os animais, e este problema igualmente sensibiliza nossas ONGs de proteção animal.

Mesmo que eles sejam resistentes a baixas temperaturas, por causa de sua pelagem, cachorros e gatos abandonados sentem a necessidade de um abrigo em noites muito frias. Animais também estão sujeitos à hipotermia; eles tremem tal qual o ser humano, e perdem a fome. Suas extremidades, como as patas e as orelhas também congelam com mais facilidade, chegando a perder a sensibilidade.

Pensando nisso, um grupo de voluntários em Garça está movimentando uma campanha de arrecadação de bacias para a confecção de casinhas para animais abandonados e para animais cujos tutores não têm condições de lhes dar uma casinha pronta.

“Como todos sabem, o frio está chegando e, claro, pensando nos animais abandonados, resolvemos fazer casinhas econômicas para eles, feitas de bacias. Vamos doá-las aos cães de famílias mais humildes e também para as ONGs. Todo mundo sabe que não é bom passar frio, então vamos colaborar!”, enfatiza Amanda Costa, do grupo Defensores dos Animais Garça-SP.

A confecção das casinhas ficará a cargo de outros membros do grupo, que estão arrecadando as bacias até a última semana de maio, para que elas possam ser entregues justamente no período em que o frio estiver mais próximo: “Em junho os cães estarão de casinha nova”, afirma Amanda.

Não há um limite de doações, quanto mais bacias, melhor, afinal são muitos os animais abandonados na cidade. “Se a pessoa quiser doar em grande quantidade, dá para pedir descontos nas lojas. Fomos pesquisar no comércio e uma bacia acima de 40 litros, que é a que a gente precisa, sai entre 9,50 e 9,90. Mas se comprar várias, dá pra ‘chorar’”, destaca outro membro dos Defensores.

Para montar uma casinha, são precisos, além de duas bacias de 40 litros, ou mais, 5 parafusos tamanho M6 com arruela e porca – o parafuso tem que ser de fenda e silicone, para evitar que entre água na casinha em dias de chuva. Além disso, os voluntários também pedem a doação de panos, cobertores ou toalhas, a fim de forrar a casinha. “Estamos dependendo das doações. Então, quanto mais doarem, mais cães terão uma casinha e ficarão protegidos do frio. Vamos abraçar esta causa”, finaliza Amanda.

Os interessados em participar de mais esta campanha, basta entrar em contato pelo telefone 9-8129 0450, ou pelo inbox no através do Facebook .

Fonte: Jornal Comarca de Garça

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>