• Home
  • Turistas são condenados por atearem fogo em um quokka na Austrália

Turistas são condenados por atearem fogo em um quokka na Austrália

0 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os quokka são considerados uma espécie animal “vulnerável” pelas autoridades australianas. Franceses gravaram incidente em vídeo.

Dois turistas franceses foram condenados esta sexta-feira pela justiça australiana por crueldade contra os animais, depois de terem ateado fogo a um quokka, que é um pequeno marsupial australiano.

Os dois turistas, de 24 e 18 anos, terão de pagar cerca de 2800 euros, cada um deles, de acordo com informações do tribunal de Perth, no sudoeste da Austrália, à agência francesa de notícias AFP. Se não pagarem, deverão passar sete dias na prisão.

De acordo com a polícia do estado da Austrália Ocidental, os dois jovens “colocaram fogo num spray com ajuda de um isqueiro, provocando uma grande chama que atingiu o quokka”. O pelo do animal foi queimado, num incidente que ficou registado em vídeo, pelos próprios turistas.

O incidente aconteceu a 03 de abril na ilha de Rottnest, ao largo da costa ocidental da Austrália.

Os quokka são considerados uma espécie animal “vulnerável” pelas autoridades australianas.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: Diário de Notícias

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. mas olha a ideia dos IMBECIS…Não importa se é um marsupial.
    Acho que este tipo de diversão Bizarra jamais deveria ser praticada contra qualquer animal…
    Achei a pena branda.

  2. Sem nada a fazer resolveram cometer um crime pra se distrair. Multa e prisão pra eles, turista já curte mesmo um hotel, mas pela gravidade do estrago que fizeram, sete dias é uma brincadeira.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>