• Home
  • Chinês mata cães a pauladas e usa carne para rechear pastéis no RJ

Chinês mata cães a pauladas e usa carne para rechear pastéis no RJ

0 comments

Uma investigação do Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro identificou uma pastelaria no Rio de Janeiro onde cachorros que haviam sido mortos a pauladas eram congelados para a produção de recheios para pastéis e outros salgados. A lanchonete ficava em Parada de Lucas, na zona norte da capital fluminense, e era comandada por chineses. De acordo com o depoimento do dono do estabelecimento, que já cumpre pena no Complexo de Gericinó, o uso de carne de cães na produção de pastéis é prática comum em lanchonetes chinesas espalhadas pela cidade. As informações são do jornal O Globo.

Em depoimento, o dono da lanchonete chegou a dizer que não sabia que matar cachorro para consumo era proibido no Brasil. Mais tarde, porém, ele admitiu que sabia da ilegalidade e que recolhia os animais nas ruas da zona norte.

Segundo a procuradora Guadalupe Louro Couto, a descoberta foi em 2013 e causou angústia em toda equipe de fiscalização. “Já vi muita coisa ruim, principalmente em trabalho que realizei em fazendas do Mato Grosso. Mas o que eu encontrei naquela pastelaria foi o pior de tudo. Para começar, havia uma cela, como se fosse uma cadeia, com grades e cadeado, montada dentro da lanchonete, onde o trabalhador ficava encarcerado. Além disso, ele convivia com o cheiro dos cachorros mortos, que ficavam ao lado dele. Eu não aguentei. Quando senti o cheiro, comecei a passar mal e pedi para sair do estabelecimento. Ao abrirmos as caixas de isopor, vimos os cachorros congelados. Ficamos perplexos. Foram vários crimes cometidos ali”, disse a procuradora ao jornal.

A pastelaria foi descoberta durante uma operação contra o trabalho escravo envolvendo chineses no Rio de Janeiro. A quadrilha investigada é acusada de aliciar pessoas na província de Guagdong e trazê-las para o Brasil, onde são exploradas em regime de trabalho escravo. Ao todo, três inquéritos que investigam a prática foram abertos em 2013 e encaminhados à Justiça Federal. Segundo o jornal, os chineses são convencidos a vir com propostas de salários de R$ 2 mil, moradia e alimentação de graça. Ao chegar, porém, eles recebem a notícia de que vão trabalhar por três anos sem receber pagamentos em pastelarias da cidade para cobrir as despesas das passagens aéreas.

Os chineses que foram libertados devem receber indenizações dos ex-patrões após acordo feito com o Ministério Público do Trabalho. Algumas vítimas, porém, foram incluídas em programas de proteção à testemunha por causa de ameaças.

Fonte: Terra Notícias

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. O que se pode esperar de pessoas que comem praticamente todo tipo de animais? Daí a desconhecer que no Brasil como em grande parte dos países do mundo, estes animais são de estimação e não são apropriados para o consumo humano, só de quem vê uma grande oportunidade de ganhar dinheiro a qulquer custo, já que o risco pode ser pequeno! Com todas as desvantagens dos animais abandonados por uma parcela da sociedade hipócrita, que crê que o animal enquanto pequeno e “fofinho” pode ser uma boa opção de “brinquedo” para a sua prole, não se dá conta que seu filhinho irá crescer, e logo, ter outros interesses, que farão com que o animal se torne um peso em matéria de despesa e trabalho. Associado às precárias leis sobre proteção animal (entre outras) e perante o grande número de cães abandonados, tudo pode acontecer! Há de se esperar apenas, que a sociedade clame e as autoridades possam tomar as medidas cabíveis, se não em proteção aos animais, pelo menos pelos direitos que o cidadão tem de não ser enganado como consumidor de alimentos que são notadamente e culturalmente impróprios para o seu consumo e dar um basta à covardia da crueldade contra os animais.

  2. Não fosse suficiente matar os cães em seu país de origem ainda vem para o Brasil praticar seus crimes. Nada bem vindos, não precisamos de vocês nem da sua comida macabra, personas non gratas em nada contribuindo com a nossa paz, não há lugar para vocês aqui e nem no mundo.

  3. Lamentável, mas comer carne favorece estas atrocidades. Como diz famosa frase: alguns nós comemos e outros são tratados como membros da família. É muita incoerência.

    1. já ouviu falar em “domesticação” e “criação”, domesticação é um processo que leva mais de 100 anos e tem como objetivo criar uma parceria entre o “domesticado” e o “domesticador”, enquanto a “criação” tem como objetivo suprir alguma necessidade do criador, não a vinculo de parceria. Vc pode criar uma “vaca”, mas jamais dizer que ela é “domesticada”…

      1. Taí, fiquei sem entender afinal se você está ou não a favor da vida da vaca ou a prefere no churrasco. Pelo que eu entendi, se o animal não é domesticado pode ser morto, será isso?!

  4. Vivem no abandono sofrem nas maos de psicopatas e ainda sao mortos por dinheiro. Pobres anjos caniinos.espero que autoridades peguem pesado contra os chineses coreanos asiaticos que conetem crines no Brasil contra nossos peludos.Investiguem mesmo prendam e multem pesado.e também os ajudantes deles brasileiros

  5. O pior de tudo que eu estou vendo nesses comentários, é todo mundo sensibilizado pelos cachorros e não dando a mínima pras pessoas mantidas em trabalho escravo. Os caras fazem tráfico de seres humanos e as pessoas estão mais preocupadas com os cachorros… Eu tenho animais de estimação, amo eles, tb fico chocada e indignada com essas coisas, mas é de uma hipocrisia sem limites, se sensibilizar por uma espécie de animal enquanto come outra, se sensibilizar pelos sofrimentos de uma espécie enquanto permanece indiferente aos sofrimentos de nossos semelhantes…

    1. Vê se dá para você entender colega, que veganos NÃO COMEM QUALQUER ESPÉCIE DE ANIMAL e costumam ter compaixão de humanos também, escravos ou não mas geralmente assassinos de animais não são punidos com o mesmo rigor que exploradores de pessoas, porque animais continuam sendo as maiores vítimas e seus algozes geralmente ficam impunes. Não existe “hipocrisia sem limites” mas indignação quanto à essas práticas absolutamente indispensáveis de se comerem bois, patos, coelhos, galinhas, porcos, cães e gatos porque vegetarianos e veganos passam muito bem sem eles no cardápio mas não os dispensam de abrigá-los no coração, reconhecendo neles o mesmo direito à vida do totó de estimação. Animais de qualquer espécie continuam sendo as vítimas mais vulneráveis e mais indefesas, porque são ingênuos e confiam no ser humano como estes que foram mortos a pauladas para virar recheio de pastel. Trabalho humano escravo, claro, continua sendo um crime e um caso de polícia, mas comer cães e gatos em nosso país, além de ser um crime e um caso de polícia, convenhamos, NÃO DÁ PARA ENGOLIR.

  6. Mesmo sendo estrangeiros deveriam cumprir pena por matar os cães, somar ai por usar a carne como carne de boi e depois disso serem deportados sem direito a retorno e sem o direito de levarem um centavo que seja do dinheiro que ganhou aqui no Brasil e na prisão alimentá-los somente com resto de comida (só vegetais é claro) e daí quem sabe não teriam interesse em voltar né? Agora, nos países como : China, Coréia, Tailandia e outras ilhas na Ásia realmente é comum o consumo de carne de cão e gato, no Japão por sua vez é consumido carne de cavalo… são diferenças culturais difíceis de se resolver…

  7. Primeiro apurar situação no Brasil dele e seus familiares!

    4 min · Curtir · 1
    ..

    Segundo punir com o rigor das Leis os responsáveis! O homem como espécie animal, não poderá explorar, abandonar os animais violando seus, direitos: Tem obrigação de colocar seus conhecimentos, a sua inteligência a serviço dos animais. Todo animal tem direito aos cuidados, a proteção e a atenção dos homens! Cadeia para quem maltrata animais. Invoco o Decreto Federal 24.645 de 10.07.1934 Art. 2° £3°; Vergonha a falta de respeito aos Direitos humanos, em seu art.12, A Declaração Universal dos direitos dos Animais, aprovada pela UNESCO, também não poderá ser violada.

    LEI Nº 9605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998.
    Dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

    “Artigo 32 da Lei Federal nº.”. 9.605/98

    É considerado crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, doméstico ou domesticado, nativo ou exótico.

    Pena – Detenção de 3 (três) meses a 4 (quatro) anos e multa.

    2 min · Curtir · 1
    ..

    Terceiro depois de cumprir a punição junto com todos os seus, deportalos imediatamente para sua origem, e com uma resalva isso aqui é Brasil não é bagunçado!

    1 minuto · Curtir · 1
    ..

    Debaixo do nosso nariz matando nossos filhos brasileiros peludos de 4 patas! Com soriso e fingindo que tratavam todo mundo bem…

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>