• Home
  • Homem é condenado à prisão por prática de zoofilia com cães

Homem é condenado à prisão por prática de zoofilia com cães

0 comments

(da Redação)

Nicholas

Um homem de 26 anos foi condenado à prisão nos Estados Unidos por violar sua pena de liberdade condicional ao tentar manter relações sexuais com um cão. As informações são do Examiner.

Nicholas A. Coll recebeu na quinta (19/03) a sentença que lhe obriga a cumprir entre três e sete anos de prisão na penitenciária estadual de New Hempshire como resultado de uma investigação realizada pela polícia da cidade de Keene e pelo Departamento de Penas Condicionais. Iniciada em dezembro de 2014, a investigação descobriu que Coll usou uma conta no Facebook com outro nome (Nicali Caron) para se comunicar com um homem sobre ter relações sexuais com seu cão.

Em janeiro de 2014, Nicholas foi preso em sua casa por maltratar e abusar sexualmente de sua cadela, Mya. Investigadores encontraram vídeos de Coll fazendo sexo com um labrador retriever e dois cães da raça pastor-alemão, incluindo Mya.

Em junho, Nicholas se declarou culpado das acusações de crueldade animal e foi sentenciado a um ano na prisão; ele serviu parte da pena. Além disso, foi condenado a quatro anos em liberdade condicional e proibido de ser tutor de cães por dez anos, ou de se aproximar deles.

O defensor público de Coll argumentou contra a punição e pediu uma sentença de 90 dias na prisão do condado, afirmando ser mais apropriado. Já o juiz John C. Kissinger Jr. disse: “O fato de que o réu procurou executar exatamente o mesmo comportamento que lhe levou à uma condenação criminal é preocupante, para dizer o mínimo. A sentença anterior foi inadequada para lhe enviar a mensagem de que é absolutamente ilegal e impróprio fazer sexo com animais”.

Nicholas Coll foi condenado por abusar sexualmente de um animal pela primeira vez em julho de 2007, aos 18 anos.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Espero que na prisão abusem dele sem parar. Que saia de lá com o c…ú arrebentado e com doenças venéreas e tudo mais. Cretino, monstro!!! Desculpem pelas palavras, mas isto me revolta ao extremo.

  2. As prisão não são centros de reablitação. Deviam ser. O cara precisa de um tratamento! Outra coisa: que ele nunca mais possa chegar perto de um animal. Isso seria essencial.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>