• Home
  • Estado indiano proíbe completamente a carne de boi

Estado indiano proíbe completamente a carne de boi

0 comments

(da Redação)

Mumbai (Foto: Vittorio Vittori).
Mumbai (Foto: Vittorio Vittori).

A Índia, cuja maioria hindu tem a vaca como sagrada, possui diversas leis regionais que proíbem o assassinato desse animal em diferentes níveis. Agora, uma nova lei aprovada no estado de Maharashtra pretende ir um passo adiante nas proibições. As informações são da Al Jazeera, BBC e Huffington Post.

Em Maharashtra, que abriga o centro financeiro do país, a cidade de Mumbai, matar vacas já era proibido, como em muitos outros estados. A nova lei vai além e interdita também o assassinato dos machos da espécie (bois e touros) e torna contrabando a venda ou posse de carne de boi ou vaca, que se torna crime punível com multa de 10 mil rúpias indianas, cerca de 480 reais, e prisão por até 5 anos.

O assassinato de vacas era ilegal desde 1976. O novo projeto, conhecido como Lei de Preservação Animal de Maharashtra, foi aprovado pelo parlamento da região em 1995, mas não entrou em vigor por falta de sanção presidencial, que só veio acontecer vinte anos depois, com o atual presidente da Índia, Pranab Mukherjee.

A medida não proíbe a exploração de búfalos para consumo, nem a exploração de vacas para retirada de seu leite.

O projeto tem o apoio de grupos nacionalistas, da direita e religiosos, que pretendem preservar os valores tradicionais da maioria hindu do país, além de princípios e práticas do hinduísmo enquanto religião.

Por outro lado, houve forte oposição da indústria de produção de carne, de restaurantes e da minoria muçulmana do país, que domina o mercado de matadouros. Eles afirmam que a medida causará a perda de milhares de empregos no estado.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Não importa se o motivo for ético, religioso, preservação do Planeta ou da saúde humana, imprescindível é NÃO MATAR e quanto à “perda de milhares de empregos no estado”, preferível o humano perder o emprego do que a vaca perder a vida.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>