• Home
  • McDonald’s usa livro sobre animais fofos como brinde de hambúrguer de animais mortos

McDonald’s usa livro sobre animais fofos como brinde de hambúrguer de animais mortos

0 comments

(da Redação)

ziraldo

O McLanche Feliz, um dos produtos mais importantes da rede de fast-food McDonald’s, costuma ser vendido acompanhado de brindes promocionais não alimentares, como brinquedos – uma estratégia de marketing que tem sido muito criticada e já foi alvo de ações judiciais e administrativas no Brasil.

Pela terceira vez, entre as opções de brinde do McLanche, haverá livros. São seis títulos no total, dois dos quais voltados a histórias de importantes autores brasileiros que usam animais não-humanos como personagens.

Em “Meus Bichos e o Tempo”, o famoso cartunista Ziraldo explora sua infância rodeada de animais, e em “O gato do mato e o cachorro do morro”, a escritora infantil e imortal da Academia Brasileira de Letras Ana Maria Machado fala da briga entre os dois animais do título. Ilustrados, os livros mostram animais simpáticos e estimula a empatia.

O uso de brindes para impulsionar a venda do McLanche e outros produtos é duramente criticado por grupos de defesa da criança e do consumidor e já resultou numa multa de 3 milhões de reais pelo Procon de São Paulo em 2013, da qual a empresa se livrou através de ação na Justiça.

Além de sofrer críticas por sua responsabilidade na epidemia de obesidade, em particular a infantil, pelas estratégias de venda e até por suas condições trabalhistas (que incluem baixos salários, alta rotatividade, alimentação inadequada e horários extensos de trabalho), a empresa também é alvo recorrente de grupos de defesa dos animais.

Em resposta, o McDonald’s tem utilizado o bem-estar dos animais a seu próprio favor, incorporando-os em sua estratégia de marketing dos produtos de carne e outros ingredientes de origem animal. Seu site afirma que eles são “apaixonados pelo bem-estar animal”, só usam ovos de galinhas criadas livres e que ganharam três prêmios da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals por suas práticas.

Os livros sobre os simpáticos personagens animais, como cães e gatos, será utilizado como brinde para produtos de animais mortos – em particular bovinos e aves. O McLanche Feliz é constituído por um hambúrguer de carne de boi ou nuggets de frangos; batata-frita; suco ou água; e um iogurte lácteo.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Vou escrever um jargão mas, “só Jesus na causa”…
    Nunca li tanta incongruência vinda de uma empresa. Mato uns e recomendo leitura fofa de outros.

    Para não ter crueldade animal, a empresa precisaria ser Vegana, o que não é. É cada uma…

  2. O McCâncer mostrando-se realmente uma emprsa especista e hipócrita, engana seus consumidores com embalagens contendo bichinhos fofinhos, mas é um dos miores responsáveis pelo holocausto animal, está na hora das pessoas se mobilizarem em frente ás lojas aqui no Brasil e mostrar a verdade aos consumidores que a empresa tenta esconder.

  3. Poderiam usufruir da mesma fama sem utilizar pedaços de animais no seu cardápio, orientando a clientela para o respeito e amor que devem a todos os animais, começando por não consumir seus restos mortais disfarçados em molhos e condimentos, provando ser uma Empresa do Bem que inteligentemente primou pela ética abrindo mão de lucrar à custa de mortes desnecessárias. Detesto muito tudo isso, McDia infeliz.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>