• Home
  • Ração da Nestlé Purina é acusada de matar centenas de cães

Ração da Nestlé Purina é acusada de matar centenas de cães

0 comments

(da Redação)

Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

A Nestlé Purina está sendo processada sob acusação de que a ração Beneful levou mais de cem cães à morte ou ao desenvolvimento de doenças, segundo informações da Exame.

Oito tipos de ração Beneful causaram sangramentos internos, danos no fígado, vômitos, diarreia, perda de peso e convulsões, de acordo com um processo divulgado pelo site Top Class Actions.

Mais de 3.000 pessoas reclamaram sobre o produto na internet nos últimos quatro anos. As críticas incluem relatos de animais que ficaram gravemente doentes ou morreram, supostamente por conta da ração, nos Estados Unidos.

Em comunicado, o diretor de comunicação da Nestlé Purina PetCare, Bill Salzman, negou as acusações do processo. “Acreditamos que o processo não tem base, e temos a intenção de defender a marca e a nós mesmos vigorosamente.”

Segundo ele, a marca Beneful já sofreu outros dois processos recentemente, com as mesmas alegações. Mas os dois casos foram julgados improcedentes pelos tribunais.

O processo foi formalizado contra a marca de rações da Nestlé no início de fevereiro por Frank Lucido, na corte distrital do norte da Califórnia e pede US$ 5 milhões por danos.

Níveis perigosos

A ação cita a Associação para Verdade em Comida Canina, que testou a ração Beneful Original e encontrou níveis perigosos de mycotoxins, que são toxinas liberadas por fungos que aparecem em grãos. O relatório também afirma que a ração possui propilenoglicol, que poderia ser prejudicial. A Purina argumenta que o composto é seguro e aprovado pela agência americana de alimentos, FDA.

O autor do processo, Frank Lucido, disse que dois de seus cachorros morreram no quintal, sem outras razões aparentes, depois que ele comprou a ração Beneful em janeiro.

O diretor defendeu a marca, dizendo que outras rações também são alvo recorrente de críticas e falta de informação.

“As postagens online contém alegações falsas, sem suporte e enganosas, que causam preocupações e confusão aos nossos consumidores”, afirmou ele à CNN.

A Nestlé afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a ração Beneful da Purina não é mais vendida no Brasil desde 2011. Então, os consumidores brasileiros não têm contato com esta marca de ração.

Outros Casos

Não é a primeira vez que a Nestlé está envolvida em casos que comprometem a vida e a saúde de animais. Em 2012, a ANDA informou que cerca de 1.000 animais adoeceram nos Estados Unidos após a ingestão de petiscos fabricados na China.

A Purina e a Del Monte Corp – outra grande fabricante de alimentos para cães – negaram qualquer irregularidade na época das acusações. Entretanto as empresas criaram um site propondo um acordo de indenização aos que apresentassem o pedido em seu formulário.

A FDA (Federal Drug Administration), recebeu mais de 4.800 queixas de animais que adoeceram (ou morreram), depois que eles comeram petiscos produzidos na China.

Nota da Redação: Não é o primeiro escândalo no qual grandes marcas estão envolvidas. A ganância de algumas empresas faz com que animais tenham sua saúde e vida comprometidas devido à negligência na fabricação de seus produtos que contêm componentes tóxicos e prejudiciais. Infelizmente, depois das acusações, ao invés das rações passarem por fiscalizações mais rígidas, as marcas negam irregularidades e, através do pagamento de indenizações, fazem com que as mortes dos animais caiam no esquecimento.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Além deste episódio triste e lamentável da morte dos cães, existe outro fator percebido mesmo nas rações “confiáveis” que é o aumento das ocorrências de pedra nos rins e vesícula dos cães após o advento do consumo em massa no mundo inteiro deste alimento prático e rápido de preparar mas nem sempre fiscalizado como esperado.. Prefiro a comidinha caseira da vovó que os cães adoram e continuam vivos depois, tanto quanto seus tutores que comeram do mesmo “lote”, confiando na procedência, embora a maioria dos veterinários a desaprovem mas os cães, não.

  2. REALMENTE É NECESSÁRIA UMA FISCALIZAÇÃO RIGOROSA VISANDO COIBIR A COLOCAÇÃO DOS ANIMAIS EM RISCO !!! NA HIPÓTESE DE NEGLIGÊNCIA DA EMPRESA , ESPERO PUNIÇÃO FINANCEIRA A ALTURA DOS DANOS MORAIS SOFRIDOS POR TODOS QUE TIVERAM PROBLEMAS COM SEUS ANIMAIS !!!

  3. Gostaria de viver para ver o dia em que fosse levado a sério o número de mortes de cães por câncer e de gatos por insuficiência renal. E vão dizer que essas mortes não têm como causa a ração que os animais mantidos em cativeiro urbano são forçados a ingerir?

  4. O meu ROTWEILLER morreu, muito estramamente DEPOIS de comer uma ração da PURINA. Teve CONVULSÕES E MORREU EM 3 DIAS. Uma TRAGEDIA ! Agora sei que NÃO estou sozinha…e isso foi aquino BRASIL, Foi uma ração com MAIOR TEOR DE PROTEINAS e CARISSIMA, que comprei imaginando que o deixaria mais forte. Uma tragedia……tenho que processar a empresa, isso sim.

  5. Os meus só comem comida caseira e os que morreram foram por velhice. Sou contra ração, visitei uma fabrica e não cheguei nem a ver o preparo, pois o mau cheiro de longe era insuportável,

  6. Quais as provas disso? Minhas cadelas, comem essa ração. Dia 09/08/2015, uma das minhas foi internada em estado grave. Segundo veterinários era uma forte intoxicação, que de tão grave poderia ser por veneno de rato. Agora fiquei na dúvida.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>