• Home
  • Animais são resgatados de fábrica de filhotes

Animais são resgatados de fábrica de filhotes

0 comments

(da Redação)

Cadela e ninhada resgatadas de criadouro impróprio em Ontário, Canadá (Foto: OHSM).
Cadela e ninhada resgatadas de criadouro em Ontário, Canadá (Foto: OHSM)

Graças a uma denúncia de maus-tratos, mais de 30 animais, entre cães e coelhos, foram salvos de um criadouro de quintal em Ontário, Canadá. As informações são do The Dodo.

No dia 13 de fevereiro, a polícia local, em parceria com a organização Oakville & Milton Humane Society (OMHS), realizou uma batida em um criadouro de animais, devido a uma denúncia realizada por telefone. Lá, foram descobertos 28 cachorros e 10 coelhos presos em gaiolas em espaço aberto, expostos ao frio.

Nesta época de inverno no hemisfério Norte, as temperaturas já baixas de Ontário chegam a passar dos -20 °C. A água nas tigelas dos animais estava congelada e dois cães foram encontrados mortos.

A OMHS trabalhou durante a noite para transportar, tratar e hospedar cada um dos 36 animais vivos resgatados. O socorro veio na hora certa: entre os animais estava uma ninhada de filhotes e outras quatro cadelas devem dar à luz em breve.

Fábricas de filhotes como estas, ou puppy mills, como são conhecidas em inglês, são criadouros de animais para a indústria de venda de animais. Em fazendas do tipo, fêmeas são forçadas a se reproduzir com frequências elevadas e têm suas crias retiradas precocemente. Outros tipos de maus-tratos, como falta de cuidados veterinários e privação de espaço, são comuns.

Infelizmente, este tipo de crime costuma ser pouco notificado. No entanto, cada denúncia é importante: uma ligação salvou a vida de 36 animais.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. É por essa e outras razões que deve ter uma politica que elucidem a população para não se comprar animais e sim adota-los. Pois amor não se vende. A cada um animal que se compra, são 100 que morrem nas ruas, abandonadas a propria sorte.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>