• Home
  • Saiba por que renas não merecem ser exploradas como adereços no Natal

Saiba por que renas não merecem ser exploradas como adereços no Natal

0 comments

(da Redação)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um shopping center lotado na época mais movimentada do ano não é lugar para um animal selvagem. No entanto, em todo o Reino Unido, um número de cidades têm planos de usar renas como “adereços” em displays de Natal. As informações são da ONG PETA.

Renas pertencem a regiões árticas e subárticas do mundo, onde podem viver em rebanhos e vaguear livremente sobre vastas regiões. Serem presos e alojados em pequenos galpões, forçados a puxar trenós e expostos a luzes brilhantes e ruídos altos, impede que esses animais desenvolvam seu comportamento natural.

De acordo com pesquisa da Veterinary Laboratories Agency, uma dieta pobre, exposição a doenças transmitidas por outros animais e o estresse de serem removidas do seu habitat têm contribuído para um aumento no número de mortes entre jovens renas exploradas no Reino Unido. Por não caminharem longos percursos, os cascos podem crescer muito, uma condição séria e debilitante. Elas também podem contrair parasitas transportadas por animais domésticos.

Renas são animais de grande porte, fortes, que tendem a ser ariscos e imprevisíveis, e eles não gostam de ser acariciados pelas pessoas. Eles podem causar ferimentos graves em seres humanos, consequentemente, a rena do sexo masculino é comumente castrada para torná-la mais fácil de manusear.

Junto com muitos adeptos da causa, a ONG PETA do Reino Unido está escrevendo para conselhos do país pedindo para que cancelem quaisquer planos de usar renas, além de implementar políticas contra displays com animais.

Denuncie todos os eventos em sua cidade que exploram animais vivos. Escreva para os organizadores e peça para eles repensarem seus planos. Acabar com a exploração de renas e outros seres vivos não diminui a sensação de magia da temporada de Natal para crianças, embora, para estes animais, signifique um mundo de diferença.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Um tempo em que deveríamos refletir sobre Amor e Compaixão é a época em que aumenta o número de animais destroçados em nossa mesa festiva porque Natal é o tempo de come-los (!) quando deveria ser o tempo de salva-los em nome de Quem os preferiria vivos e felizes como queremos esteja nossa amada família. Deveria ser o tempo de não explora-los sob pretextos infantis e bobos ao invés de priorizar seu bem estar assim como desejamos estar desestressados, tranqüilos e confortáveis numa festa em que costumamos deixar o aniversariante na calçada, após fechada a porta, porque nos esquecemos Dele.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>