• Home
  • Voluntários pedem doações para ajudar animais, em Porto Velho (RO)

Voluntários pedem doações para ajudar animais, em Porto Velho (RO)

0 comments

Bob quebrou as duas patas dianteiras (Foto: Divulgação)
Bob quebrou as duas patas dianteiras
(Foto: Divulgação)

Voluntários de um projeto denominado “Socorristas dos Animais” pedem ajuda na arrecadação de dinheiro para o pagamento de cirurgias, rações e outras necessidades para atender animais resgatados em estado crítico, em Porto Velho. “Somos uma espécia de Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) dos animais”, diz uma das integrantes do grupo, Shelly Nóbrega.

A vítima mais recente, o cachorrinho Bob, quebrou as duas patas dianteiras e precisa de ajuda para fazer a cirurgia, que custa em torno de R$ 1,5 mil. O animal está internado em uma clínica da capital. Segundo Silvana Ribeiro, que resgatou o cachorro, ele foi atropelado perto da casa dela. Além do dinheiro para a cirurgia, são necessários dois pinos que estariam em falta no mercado.

Para ajudar Bob, é preciso ir até a loja onde o animal está internado, localizada na avenida Pinheiro Machado, n.º 2719, e fazer uma doação de qualquer valor em nome do cachorro. Ao doar, um recibo é emitido para comprovar a doação. De acordo com Silvana, as contribuições podem beneficiar tanto Bob quanto outros animais que também precisam de cuidados.

Socorristas dos Animais

Nem uma Organização Não Governamental (ONG), nem empresa privada, apenas pessoas com o objetivo de resgatar animais em estado crítico. Isso é o que motivou a criação da “Socorristas dos Animais”, segundo a integrante Shelly Nóbrega. “Levamos para o veterinário e, através de rifas, bazar, doações e campanhas pela internet, salvamos e colocamos para adoção”, relata.

Shelly tem três cachorros; um dos integrantes do grupo tem sessenta gatos; e Silvana, a mais nova tutora do Bob, tem cinco cachorros resgatados. “Um chegou com um tumor no pescoço, outro chegou com pontos na cabeça, e outra chegou prenha, mas já doamos os filhotes. Agora tem o Bob e uma que crio desde filhote”, conta.

De acordo com Shelly, a captação de recursos é feita pela internet, por meio do perfil no Facebook “Socorristas Animais”. As doações servem para comprar remédios, ração, pagar tratamentos veterinários, entre outros. “Uma amiga nossa fez uma venda de camisetas e metade do valor foi doado pra gente”, exemplifica.

Segundo Shelly, o grupo ainda não tem sede para deixar os cachorros, mas o problema é resolvido com a cessão de abrigos temporários em casas de amigos. O projeto também busca efetivar o “Castramóvel”, que consiste em fazer castrações gratuitas para os animais da cidade. “Tentamos ajuda, patrocínios, mas ainda não deu certo. Esse é nosso principal projeto”, finaliza.

Os interessados em ajudar ou conhecer o trabalho da “Socorristas dos Animais” podem entrar em contato com Silvana, pelo número (69) 9305-8321, ou com Shelly, no telefone (69) 9287-9160.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>