• Home
  • Orcas são mantidas em tanques improvisados há dez meses na Rússia

Orcas são mantidas em tanques improvisados há dez meses na Rússia

0 comments

Por Walkyria L. Rocha (da Redação)

Foto: Facebook
Foto: Facebook

Em dezembro de 2013, a companhia russa VDNKh Park transportou em caixotes duas baleias orcas no extremo leste do país e embarcou-as em um voo de 10 horas para Moscou para que fossem exibidas em um aquário ainda em construção na cidade. As informações são do site Their Turn.

Mais de 10 meses depois, as orcas de cinco e sete anos de idade sofrem em um tanque temporário de apenas 25 metros de diâmetro porque o aquário ainda está preparando um reservatório para as baleias que não ficará pronto antes de 2015. De acordo com o Moscow Times, a polícia russa recusou-se a abrir um inquérito a favor das orcas porque o tanque não atende às definições do país de crueldade contra animais.

O tanque temporário enferrujado
O tanque temporário enferrujado
Tanques com cobertura inflável
Tanque tem a cobertura inflável

O grupo russo pelos direitos animais VITA diz que os guardas e frequentadores da vizinhança do centro de exibição têm escutado, por meses, “sons horríveis” e “gritos” das baleias. Apesar de todas as evidências e um depoimento policial de que as orcas estão presas naquela localidade, o aquário negava a presença delas – até dia 26 de outubro, quando um vídeo foi exibido. Agora, eles alegam que as orcas foram presas secretamente para que os russos ficassem surpresos quando elas chegassem ao aquário.

O Diretor do Projeto Orca do Extremo Oriente Russo (FEROP) diz que manter baleias nessas condições é “completamente anormal” e que “nós não temos local adequado na Rússia para manter orcas em cativeiro”. Outro expert diz que manter orcas em cativeiro pode diminuir seu tempo de vida e torná-las perigosas como foi demonstrado no documentário Blackfish.

A realidade é que um tanque está sendo construído no Aquário de Moscou e a Rússia não irá enviar esses animais de volta ao seu habitat a não ser que o mundo se una em um grande protesto. Por favor assine a carta formal da PETA para o embaixador russo do Reino Unido, pedindo que as orcas sejam soltas no mar.

Nos últimos 44 anos uma orca chamada Lolita tem sido mantida no Seaquarium de Miami em uma piscina de 18 x 25 metros o menor cercado para orca de todos os Estados Unidos. Nos primeiros dez anos de seu cativeiro, Lolita teve um companheiro de nome Hugo. Em 1980, Hugo bateu repetidamente sua cabeça contra a parede até morrer. Lolita está sozinha há 34 anos.

Lolita vive em um pequeno tanque estéril há 44 anos.
Lolita vive em um pequeno tanque estéril há 44 anos.

Uma imensa manifestação pela libertação de Lolita e seu retorno para a vida livre no mar acontecerá próxima ao Seaquarium no dia 17 de janeiro. Por favor compartilhe essa informação com seus amigos na Flórida.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Gente, mas que absurdo! Capturar para colocar em AQUÁRIO sem previsão de ficar pronto antes de 2015! Pelo amor de Deus… Assinei a petição e divulguei!

  2. Não importa o tamanho do senciente, ratinhos ou baleias, porquinhos da Índia ou elefantes, coelhos ou orangotangos, o ser humano é mestre em exploração, tortura e crueldade contra eles, sempre arranjando uma desculpa esfarrapada para acobertar sua covardia e prepotência mas não gosta de ser abusado, explorado e torturado reivindicando direitos que nem sempre possui para usufruir benefícios que nem sempre merece.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>