• Home
  • Cachorros de soldado canadense morto em ataque ao Parlamento ainda esperam o tutor voltar pra casa

Cachorros de soldado canadense morto em ataque ao Parlamento ainda esperam o tutor voltar pra casa

0 comments

Os cachorros ainda esperam o tutor voltar Reprodução Daily Mail
Os cachorros ainda esperam o tutor voltar
Reprodução Daily Mail

Com os focinhos espreitando por embaixo da cerca, os cachorros de Nathan Cirillo esperam paciente pela volta do seu tutor — o soldado canadense, porém, nunca vai voltar para casa.

Pode parecer a história do filme “Sempre ao seu lado”, em que o cão de Parker Wilson (Richard Gere) espera pacientemente pela volta do tutor sem saber que ele havia morrido, mas o caso é atual. Cirillo, de 24 anos, foi morto na quarta-feira (22) em Ottawa durante um tiroteio no Memorial Nacional da Guerra, próximo ao Parlamento canadense.

De acordo com o site britânico Daily Mail, Cirillo era muito apegado a seus animais e postava várias fotos com eles em sua conta no Instagram.

Os amigos do soldado também contam que ele ajudava cachorros abandonados. Recentemente, encontrou um filhote abandonado, cuidou dele e encontrou um novo lar para o pequeno cão.

Cirillo era pai de um menino de seis anos, Marcus. Ele cuidava sozinho da educação da criança com o auxílio da avó, Kathy, pois a mãe do menino não podia mais fazê-lo.

Kathy agora vai ficar com a guarda de Marcus. Ela se responsabilizava por ele quando Cirillo estava trabalhando ou viajando devido a suas obrigações militares.

Fonte: R7

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta para Beatriz Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Cães tem que ter o direito de participar do velório dos seus tutores, para que possam processar a sua morte, assim como os humanos o fazem.

    É muito triste e injusto deixá-los esperando assim pra sempre.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>