• Home
  • Projeto de Lei proíbe criação de animais para fazer pele, mas não evita chacina de chinchilas

Projeto de Lei proíbe criação de animais para fazer pele, mas não evita chacina de chinchilas

0 comments

A chinchila é uma das poucas espécies de animais de que, para fins exclusivamente industriais, só se aproveitam os pelos.
A chinchila é uma das poucas espécies de animais de que, para fins exclusivamente industriais, só se aproveitam os pelos.

A chinchila é uma das poucas espécies de animais das quais, para fins industriais, só se aproveitam os pelos. Em um criadouro de chinchilas, em Sorocaba, interior de SP, mais de mil animais foram mortos e mais 30 mil podem ser executados nos próximos dias.

A chacina é uma resposta a um Projeto de Lei que proíbe a criação de animais com a intenção de usar sua pele. Com medo de perder dinheiro em uma possível doação dos animais, seus criadores optaram por sacrificá-los de forma prematura antes que o PL seja sancionado.

Testes em animais

A criação de animais para fins industriais tem sido debatida por vários setores da sociedade. Recentemente, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou 17 métodos alternativos para testes de medicamentos, cosméticos e produtos de limpeza em geral que costumavam ser feitos em animais.

Os experimentos têm a finalidade de garantir a segurança e devem ser feitos de acordo com as regras da agência. Um dos testes que mais desagradam, aquele realizado em animais para saber se determinado produto causa irritação na pele, poderá ser feito em uma espécie de pele artificial.

Arte e combate

Alguns anos atrás, uma artista inglesa de 24 anos tentou sensibilizar a população de Londres para a crueldade feita com os animais nos laboratórios das indústrias de cosméticos. Em uma performance de 10 horas, Jacqueline Traide simulou os tipos de testes que são feitos em cachorros, gatos, macacos, hamsters e coelhos.

O local escolhido para a atuação foi a vitrine de uma loja de produtos de beleza na rua Regent, no centro da cidade. Enquanto as pessoas passavam, observavam a artista ser amarrada, arrastada pelo pescoço, forçada a comer, ter seus cabelos raspados e produtos aplicados em sua pele.

Fonte: Catraca Livre

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. PROÍBE MAS NÃO EVITA….O QUE ADIANTA ENTÃO! TADINHOS DOS CHINCHILAS! ELES SÃO UNS FOFOS E DEVEM PERMANECER NA NATUREZA NÃO COMO CACHECOL NO PESCOÇO DE DONDOCAS!!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>