• Home
  • Tutora pede cadeira de rodas para cachorro com dificuldade de locomoção

Tutora pede cadeira de rodas para cachorro com dificuldade de locomoção

0 comments

A policial Marluce de Castro, tutora de um cachorro de 13 anos chamado Jerry, procura uma cadeira de rodas para o animal. O animal, um Dachshund, Salsicha, está com paralisia nas patas traseiras. Entretanto, ela já constatou que não há cadeira de rodas para cachorro em Campo Grande.

“Falei com ONGs, com clínicas, não existe. É só pela internet, mas demora muito e é caro”, conta a policial. Marluce revela que o preço é de pelo menos R$ 400 mais o frete.

“Ele está ferido, está com carne viva, e fica se arrastando pelo chão. Não sei o que fazer”, relata. Marluce pede que quem tenha uma cadeira de rodas de cachorro para vender ou sabe onde ela possa encontrar deve ligar para 8135-7678.

 Orientações

A equipe de reportagem conversou com a veterinária Rosana Antunes Estrada, da Anclivepa/MS (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de Mato Grosso do Sul). Rosana passou orientações para quem tiver cachorros com o mesmo problema.

Segundo a veterinária, o primeiro passo é levar o animal ao veterinário para avaliar o trauma da coluna. “Há casos em que o cachorro perde os movimentos, mas não perde a sensibilidade. É preciso ver se uma cirurgia não resolve, ou acupuntura, fisioterapia”.

Rosana explica que os cachorros podem conseguir voltar a andar com fisioterapia e algumas medidas. “Fazer controle do tipo de piso em que ele está se locomovendo, regular a alimentação dele, tudo isso possibilita uma recuperação”.

Não havendo solução, a veterinária indica aos tutores dos animais que tomem cuidado com as cadeiras de roda artesanais. “É preciso avaliar com calma. Se for feita de ferro, fica muito pesado. Se for de cano PVC há grandes chances de não dar estabilidade para o animal. A cadeira pode girar e agravar a lesão medular. O correto é a feita de aço inox, vendida pelos fabricantes”, destaca.

Mesmo assim, a veterinária alerta que o cão não pode ficar 24 horas na cadeira. “Tem que fazer uma caminha para ele descansar. Senão vai sobrecarregar a coluna dele”

Fonte: Pantanal News

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta para Van Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. OLá!

    Marluce

    Fiz contato recente com eles (Set/14).

    Faz cadeirinha para todo o Brasil. O custo da cadeirinha seria só do material usado para confeccionar a cadeira de rodas e o valor do sedex …

    Contato de Minas Gerais…Saiu noticia no site Anda.Jor.

    * Envia e-mail para este contato re.cobo@hotmail.com

    Veja se consegue fazer a cadeirinha para o cãozinho.

    * Peguei este contato aqui no site da Anda.jor, a um tempo atras.

    As feridas,podem inflamar, limpe-as e passe pomadas cicatrizantes para não dar bicheira…- Pode ser escaras. Hidrate com oleo dersani, e procure um colchão de espuma , formato casca de ovo, para dar conforto ao cão.
    Faltou no telefone o DDD da sua cidade.
    Boa sorte!
    Abç!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>