• Home
  • Projeto prevê redução no IPTU para quem adotar animais

Projeto prevê redução no IPTU para quem adotar animais

0 comments

Um projeto de lei aprovado em Lavras (MG) promete descontos no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) da cidade para quem adotar animais abandonados. A prefeitura tem até a segunda quinzena de outubro para sancionar a proposta.

Segundo o projeto, para ter a redução no imposto, a adoção deverá ser cadastrada na prefeitura e o adotante também irá assinar um termo de responsabilidade. Caso seja sancionada, a proposta ainda precisa ser regulamentada. A prefeitura terá que definir quais os percentuais de desconto poderão ser concedidos e como será feita a fiscalização para garantir que não haja maus tratos aos animais.

O presidente da Associação Alfenense de Educação e Proteção Animal, Giovani Nascimento, apoia o projeto, mas espera que haja fiscalização para garantir que o incentivo seja voltado para o bem estar dos animais. “A gente acha que tem que ser um projeto bem executado e bem fiscalizado para evitar abusos, evitar que as pessoas se aproveitem dessa situação para conseguir um benefício, sem compromisso com a saúde do animal”, observa.

O presidente da associação ainda cobra da prefeitura o início do trabalho de castração gratuita em Lavras, que, segundo ele, complementaria o incentivo de redução de imposto para adotantes de animais abandonados. A oferta do serviço virou lei há 14 anos. Até esta publicação, a administração municipal não informou se a castração integrará o novo projeto.

(clique aqui para ver o vídeo no site original)
(clique aqui para ver o vídeo no site original)

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. BURRISSEEEEEEE IGNORANCIA, ISSO SÓ VAI TRIPLICAR OS CASOS DE MAUS TRATOS. O POVO JA JUDIAVA, AGORA VAI ADOTAR POR CAUSA DA REDUÇÃO. SERÃO MAIS CENTENAS DE ANIMAIS JOGADOS NOS QUINTAIS AS MOSCAS E MALTRATADOS

  2. Adoção precisa ser por amor, e não por interesse.
    Deveriam fazer uma forte conscientização, proibir canis de fundo de quintal e aumentar as penas contra maus tratos isso sim. E não oferecer bônus a quem adota, vai acabar gerando o efeito contrario

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>