• Home
  • Porquinho e galinha cultivam amizade inusitada em Piracicaba

Porquinho e galinha cultivam amizade inusitada em Piracicaba

0 comments

Porco brinca com bolinha, e galinha o segue em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)
Porco brinca com bolinha, e galinha o segue em Piracicaba (Foto: Fernanda Zanetti/G1)

O porquinho da família da estudante Bárbara Luciana Ferreira de Godoy, de 19 anos, moradora de Piracicaba (SP), ganhou uma companheira, mas não da mesma espécie. A nova amiga de Bartolomeu, porco que curte passear de coleira na rua, é uma galinha de pouco mais de um mês de vida. Segundo a estudante, desde que chegou à residência, a galinha segue o porco por todos os cantos e os dois se alimentam e até dormem juntos.

“A galinha tem medo da gente. Então, quando nos aproximamos, ela corre e se esconde atrás do Bartolomeu. É como se fosse um escudo de proteção”, disse Bárbara. O porquinho está com 10 meses e 40 quilos. A galinha, que ainda não ganhou um nome, chegou à moradia da família por acaso. Segundo a estudante, a ave seria dada a um tio, que rejeitou o presente. Desde então, tornou-se o novo animal da casa e a principal companhia do porco.

“É impressionante. A galinha anda por toda a residência atrás do Bartolomeu e os cachorros nem brigam com ela. Virou o novo ‘xodó’ da família”, disse Bárbara.

Além da presença da amiga de penas, a rotina de Bartolomeu inclui passeios diários pela vizinhança com coleira, aplicação de hidratante na pele, alimentação balanceada e “paparicos” como um ursinho de pelúcia.

Durante o período da Copa do Mundo, o porquinho ia junto com a família Godoy até a Praça do Parafuso, na Vila Rezende, para passear enquanto a tutora trocava figurinhas para completar os álbuns dos jogadores. A estudante contou que o animal é a atração da feira livre do bairro, que acontece aos sábados.

Adoção

O “porco cão” está com a família desde o início de janeiro. O animal foi um presente de Natal do pai para Bárbara. “Eu vi em um programa de televisão famílias que tinham porquinhos em casa. Então falei para ela pesquisar em uma página em uma rede social. Ela viu, gostou e depois começou a me cobrar”, contou o pai da jovem, o comerciante Willian Roberto Bueno de Godoy, de 44 anos.

Rotina

Todos os dias, quando chega do trabalho, o comerciante passeia com o porquinho pelas ruas vizinhas à casa da família. Uma vez por semana, Bartolomeu toma banho e recebe creme para hidratar os pelos a cada dois dias. O animal ainda tem dieta balanceada com frutas, verduras e legumes. O alimento predileto é o caqui.

“Por onde passa. Bartolomeu é atração. Alguns pais têm medo, mas a criançada adora e sempre dá um jeitinho de fugir para acariciá-lo. Na feira, o pessoal deixa o milho separado. Se um dia ele não vai conosco, as pessoas ficam perguntando. Ele é mansinho e faz muito sucesso na rua”, disse Bárbara.

Educado

O animal foi adotado de uma criadora da cidade de São Roque (SP) e chegou à casa da família em Piracicaba no dia 8 de janeiro junto com kit de cuidados e cartão de vacinas. “Ele senta quando ordenamos, sabe passear, sabe deitar. Estamos treinando ele em tudo e sempre em troca de uma comidinha. Quando estou em casa, ele me segue por todos os lados e chora quando não dou atenção. É o nosso cãozinho”, contou a adolescente.

 Fonte: CBN

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>