• Home
  • Macacos e cães são explorados em performance durante jogo da NFL

Macacos e cães são explorados em performance durante jogo da NFL

0 comments

(da Redação)

Foto: Team Ghost Riders
Foto: Team Ghost Riders

O jogo de futebol da NFL que ocorreu no dia 21 de setembro entre o New York Giants e o Houston Texans apresentou um quadro incomum: um grupo de macacos-prego correndo pelo campo sobre as costas de cães em alta velocidade.

A “novidade” foi anunciada por alguns blogueiros esportivos como a “melhor parte” do jogo. No entanto, alguns jornalistas questionam as implicações éticas de tal façanha. As informações são do The Dodo.

A empresa responsável pelo show chama-se The Ghost Riders, que pertence ao ex-promotor de rodeios Tim “Wild Thang” Lepard. Lepard encontrou o sucesso nas arenas de rodeio e começou a Ghost Riders após ter sofrido nove acidentes graves em touradas.

O site da companhia diz que os animais usados no show “são como uma família e recebem cuidados 24 horas por dia”. Aparentemente, um dos cães foi resgatado de uma situação de abusos. No entanto, de acordo com a Humane Society dos Estados Unidos, há muitos problemas em shows como o The Ghost Riders.

Os cães podem alcançar velocidades de mais de 48 km/h, e ocorre de pararem abruptamente, disparar, virar-se, deitar e ficar de pé nas patas traseiras, fazendo com que os macacos sejam violentamente sacudidos para frente e para trás, e deslizem perigosamente de um lado para o outro”, disse o informativo da HSUS, comparando a experiência com o que é enfrentado por participantes de rodeios.

Foto: Team Ghost Riders
Foto: Team Ghost Riders

O estresse psicológico e as condições de vida dos macacos em deslocamentos itinerantes constituem preocupações adicionais.

Segundo o The Frederick News-Post, Lepard foi citado diversas vezes, entre 2009 e 2012, pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, por ter acumulado medicamentos veterinários com a data expirada e por não ter comparecido repetidamente às inspeções.

A regulamentação sobre a tutela de primatas como animais de companhia nos Estados Unidos varia conforme o estado e condado. Em muitas áreas, é proibido tutelar animais exóticos, incluindo macacos.

A The Ghost Riders foi contatada pela equipe do The Dodo mas não quis comentar o assunto.

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. As florestas estão ficando sem esses macaquinhos. O tráfico desses animais aumenta cada dia.
    São imbecis como esse cara que dizimam a nossa fauna e flora.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>