• Home
  • Tartaruga ferida vai cruzar os Estados Unidos para chegar a novo abrigo

Tartaruga ferida vai cruzar os Estados Unidos para chegar a novo abrigo

0 comments

Foto tirada nesta terça-feira (23) mostra equipe dando banho em Sapphire, tartaruga que vai se mudar da Flórida para a Califórnia (Foto: AP Photo/Florida Keys News Bureau, Andy Newman)
Foto tirada nesta terça-feira (23) mostra equipe dando banho em Sapphire, tartaruga que vai se mudar da Flórida para a Califórnia (Foto: AP Photo/Florida Keys News Bureau, Andy Newman)

Uma tartaruga marinha chamada Sapphire está se preparando para uma longa viagem. Ela será levada de um Hospital de Tartarugas localizado em Florida Keys, um conjunto de ilhas no sudeste dos Estados Unidos, até seu lar permanente no sul da Califórnia, na costa oeste do país.

Nesta quarta-feira, foram feitos os últimos preparativos para a jornada de 4 mil km até a instituição The Living Coast Discobery Center, perto da cidade de San Diego.

A jovem fêmea, de quase 60 quilos, não pode ser liberada na natureza porque não consegue submergir sem os pesos de quase 1 kg presos com epóxi em sua carcaça. À medida em que a tartaruga for crescendo, os pesos devem cair e novos deverão ser instalados no lugar.

“Ela não consegue evacuar ar de seus pulmões devido a um ferimento na coluna espinhal, então infelizmente para Sapphire, ela não poderá ser liberada”, diz a gerente do Hospital de Tartarugas, Bette Zirkelbach.

Colisão com barco

A tartaruga foi resgatada em 2010 com um ferimento devido à colisão com um barco, segundo Bette. Ela foi tratada por 45 dias e o hospital a liberou, depois que ela aparentou estar totalmente curada. Mas, em maio de 2013, ela foi encontrada flutuando novamente perto de Florida Keys. Logo depois, funcionários ligados à vida selvagem no estado concluíram que ela precisaria de um “lar eterno”.

Bette diz que Sapphire é a única das 1.400 tartarugas que o hospital já tratou nos últimos 28 anos que voltou depois de liberada. Para monitorar a saúde e o conforto das tartarutas, Bette e o fundador do hospital. Richie Moretti, vão acompanhar a tartaruga em dois voos da FedEx de Miami a Memphis e depois para San Diego.

“Apesar de a Sapphire não poder ser devolvida à natureza, a boa notícia é que ela poderá ser como uma embaixadora para sua espécie, as tartarugas marinhas em risco”, disse Bette.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>