• Home
  • Centro de Zoonoses de Campina Grande (PB) enfrenta superlotação

Centro de Zoonoses de Campina Grande (PB) enfrenta superlotação

0 comments

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mais de 400 animais estão abandonados no Centro de Zoonoses de Campina Grande. Entretanto, a capacidade do Centro é de apenas 90, e em período de recuperação, como alerta a gerente de Vigilância Ambiental e Zoonoses, Rossandra Oliveira. “O Centro é pensado para prevenção de doenças transmitidas por vetores ou hospedeiros. Mas no nosso caso estamos trabalhando como um abrigo de animais”, ressaltou ela.

O Centro ainda recebe diariamente animais recolhido das ruas, ou até mesmo, no caso de alguns de grande porte, são encaminhados para o Zoonoses ao serem apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal. De acordo com a gerente do local. Rossandra Oliveira, a capacidade de acolhida desses animais está no limite.

Após serem recolhidos, os animais podem ser recuperados pelos seus tutores em até sete dias, ou o mesmo é encaminhado para o processo de adoção. Neste caso, pessoas como Izolda de Souza têm a oportunidade de acolher na sua casa um dos animais. Segundo ela, adotar os animais é um ato para que eles possam ser felizes. “Eles também fazem companhia para mim e para o meu filho. Nós prometemos as pessoas do zoonoses que não vamos maltratá-los, vamos dar muito carinho para os animais”, disse Izola em entrevista à TV Cabo Branco.

Embora as oportunidades existam, de acordo com o Centro de Zoonoses, o índice de adoção ainda é muito baixo, causando assim a superlotação. Para Rossandra Oliveira, um dos motivos para que isto ocorra é que as pessoas só levam para suas casas filhotes ou animais de pequeno porte, deixando assim os outros permanecerem até os últimos dias da sua vida no Centro.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>