• Home
  • Campanha aplica anticoncepcionais em cadelas e gatas de Capinópolis (MG)

Campanha aplica anticoncepcionais em cadelas e gatas de Capinópolis (MG)

0 comments

Campanha vacinou 284 fêmeas em setembro ​(Foto: Prefeitura de Ituiutaba/ Divulgação)
Campanha vacinou 284 fêmeas em setembro
​(Foto: Prefeitura de Ituiutaba/ Divulgação)

Prevenir a propagação de zoonoses e a quantidade de animais nas ruas de Capinópolis é o intuito da campanha de aplicação de anticoncepcionais em cadelas e gatas. O trabalho foi realizado na primeira semana de setembro, em todos os bairros da cidade, e atendeu 284 animais de rua e domésticos. Já em 2013, quando foram realizadas duas campanhas, foram 1.319 animais com doses aplicadas.

De acordo com a secretária de Saúde, Simone Dantas, o trabalho existe há dois anos. A periodicidade foi repensada para que a eficácia seja a mesma da castração e coincida com o calendário da vacinação antirrábica. Entretanto, neste ano as doses da antirrábica não foram enviadas pelo Ministério da Saúde, o que impediu a primeira dosagem do anticoncepcional.

“A gente estava com grande quantidade de animais soltos nas ruas, que não têm tutores. Eles ficam doentes e isso pode passar para as pessoas. O que modificou é que era anual e não resolvia muito o problema. Agora estamos fazendo em dois ciclos, ou seja, duas vezes por ano. Para ter uma despesa só com as duas campanhas, estávamos aguardando o recebimento das doses de antirrábica este ano, mas não mandaram”, disse.

Ainda segundo a secretária, na cidade não existe um sistema de castração animal e as doses de anticoncepcionais atendem a essa demanda. Ela afirma que há resistência de alguns moradores quanto ao método, mas que algumas pessoas se empenham na causa animal para evitar problemas de doenças e excesso de animais pelas ruas.

“Também não temos ONG de proteção animal, mas existem várias pessoas que defendem a causa. Já teve movimento, mas não foi concluído porque tivemos dificuldades com o custo que pretendíamos fazer, como a castração. Até a questão da vacinação antirrábica, sempre tem pessoas que acham que a vacina não faz bem para o animal. Nosso trabalho também é de orientar os donos dos animais”, afirmou.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>