• Home
  • Campanha de vacinação contra a raiva começa neste fim de semana em Porto Velho (RO)

Campanha de vacinação contra a raiva começa neste fim de semana em Porto Velho (RO)

0 comments

Neste fim de semana terá início a nova campanha municipal de vacinação antirrábica em Porto Velho. A partir deste sábado, dia 6, equipes do Departamento de Controle de Zoonoses (DCZ) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) percorrerão regiões da cidade a cada fim de semana com postos de vacinação disponíveis para imunizar cães e gatos domésticos a partir de 90 dias de vida contra o vírus causador da raiva.

A maratona de vacinações acontecerá em 3 etapas na zona urbana com postos em escolas, unidades de saúde, igrejas e residências voluntariadas. Hoje, as doses serão aplicadas na zona sul de Porto Velho, no dia 13 será a vez das zonas central e norte. Já no dia 20 serão contemplados os animais domésticos da zona leste. Na fase rural, que abrange distritos, comunidades e linhas, o DCZ atuará com visita nas residências a partir de outubro.

Conhecida também como hidrofobia, a raiva atinge o sistema nervoso central de mamíferos, especialmente cães e gatos nas zonas urbanas, e é transmitida pelo contato com a saliva do animal infectado, por isso a mordida é o principal meio de infecção. Vacinar é fundamental para manter o município de Porto Velho livre de casos de raiva em animais e em seres humanos. Os últimos casos de raiva canina e felina ocorreram nos anos de 2003 e 2000 respectivamente. Já o último registro de raiva humana ocorreu em 1999.

Segundo Rodrigo Golin, diretor do DCZ, estima-se que 40.000 animais recebam as doses da vacina antirrábica, o que corresponde a meta de 80% de cobertura vacinal. Ele afirma ainda que todos os cães e gatos com idade a partir de 90 dias devem tomar a vacina, independentemente se foram ou não vacinados em campanhas anteriores, pois são animais muito próximos do convívio familiar. O método mais eficaz para combater a raiva é a vacinação, a dose é segura e distribuída pelo Ministério da Saúde (MS).

“Lembramos à população que contenham seus animais domésticos, se possível com coleiras ou focinheiras dependendo do comportamento do animal, para que a aplicação da dose aconteça de forma segura. É importante que todos os tutores maiores de idade levem as cadernetas de vacinação dos cães e gatos. Caso não tenham, será emitida nova caderneta no momento da vacinação”, ressaltou Rodrigo.

O chefe da Divisão de Controle de Animais Domésticos, Paulo do Nascimento, destaca que a campanha contará com ajuda de voluntários para que se possa atingir a meta estipulada pelo MS. “Ao todo teremos 101 postos com uma média de 600 pessoas envolvidas durante os fins de semana dedicados à campanha. Serão agentes comunitários de saúde, agentes de endemias e voluntários trabalhando juntos para manter Porto Velho livre da raiva. Nos dias que antecedem as datas de vacinação um carro de som da Secretaria Municipal de Saúde percorre os bairros para convidar a população a vacinarem seus animais”, finalizou Paulo.

O DCZ disponibiliza a vacinação durante todo o ano na própria sede para os tutores que não puderem comparecer aos postos durante a campanha. A sede fica na Avenida Mamoré, 1120, bairro Cascalheira. Não será permitido ceder doses de vacinas para aplicação posterior. Os tutores que não puderem em hipótese alguma levar seus animais aos postos de vacinação deverão entrar em contato através do telefone (69) 3901 2878 para agendar a aplicação de dose domiciliar.

Fonte: Rondônia Ao Vivo

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>