• Home
  • Abandonado, pit bull é resgatado com bilhete em ponto de ônibus de Santos (SP)

Abandonado, pit bull é resgatado com bilhete em ponto de ônibus de Santos (SP)

2 comments

Pit Bull

A publicitária Thalita Caetano, de 23 anos, encontrou, na última segunda-feira (18), um pit bull abandonado em um ponto de ônibus, na Zona Noroeste, e se surpreendeu com um fato inusitado. O animal, um macho, que tem entre 4 e 5 anos e pesa 30,5 quilos, estava com um bilhete que relatava brevemente sua história. Sensibilizada, ela levou o cão embora e lançou uma campanha de ajuda na internet, que já apresenta resultados positivos.

“Ajude o Ferrari” é o apelo da publicitária no Facebook, que recebeu em quatro dias cerca de 1.500 curtidas e já reverteu mais de R$ 1 mil em doações, destinadas a salvar a vida do cão.

Paralítico, Ferrari foi deixado sob um ponto de ônibus na Zona Noroeste, próximo à antiga sede da Coordenadoria Municipal de Proteção à Vida Animal (Codevida). Com ele havia um bilhete que trazia o seguinte texto: “Este cão foi encontrado atropelado na Marginal do Jardim Casqueiro (Cubatão). Por favor, cuidem dele, pois não temos condições financeiras para sustentá-lo. Ele está sem movimento das patas traseiras. Desde já, agradeço pela atenção. Que Deus os abençoe!”.

Thalita recebeu a ajuda de uma funcionária da Codevida, que passava pelo local, para encaminhar o animal à nova sede da unidade no Jabaquara.

Numa primeira avaliação,imaginava-se que ele estaria condenado a usar uma cadeira de rodas. Daí o nome com qual foi batizado e está se tornando famoso nas redes sociais.

Desde quinta-feira (21), depois das primeiras sessões de fisioterapia e acupuntura, Ferrari vem reagindo. “Ele vai ter uma vida normal”, comemora a coordenadora da Codevida, Leila Abreu.

Além da restrição nos movimentos das patas traseiras, o pit bull está com úlceras na boca e tem cicatrizes antigas pelo corpo, o que mostram que ele já foi vítima de violência outras vezes.

Um casal já está interessado em adotá-lo, mas a Codevida ainda analisará outros pedidos que podem ser manifestados pelo telefone (13) 3203-5593.

Fonte: A Tribuna

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Meus sinceros parabéns a publicitária Thalita Caetano, e para todos que estão colaborando, e também, para quem irá adotar o pit bull. Legal mesmo.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>