• Home
  • Homem mata cachorro a pauladas em Barroso (MG)

Homem mata cachorro a pauladas em Barroso (MG)

3 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

De acordo com informações repassadas à redação do Jornal Primeira Página, no inicio desse fim de semana, um cachorro foi morto com crueldade nas imediações do bairro do Bedeschi. Segundo relatos da tutora do cachorro, no Facebook, o homem teria agredido o cachorro a pauladas na cabeça, possivelmente porque o animal, há algum tempo, teria matado uma de suas galinhas. Na ocasião, de acordo com a tutora do cachorro, o homem ainda teria jogado a galinha morta em cima do carro dela.

A tutora do cão lamentou o fato na rede social: “Só quem tem animais e se apega sabe o que é que estou sentindo. Estou revoltada. O meu cachorro já passou por tantos problemas de saúde, já levei ele até pra tomar soro, e agora ele morre desse jeito? É muito triste. Que a justiça de Deus seja feita!”, desabafou ela, lembrando que os animais são seres irracionais, que nem sabem por que apanham, mas, mesmo assim, dão muito carinho e amor às pessoas.

De acordo com Grasielly Melo, da ONG barrosense Irmãos de Quatro Patas, neste fim de semana a Associação Protetora dos Animais de Barroso e a tutora do cão irão à promotoria da Comarca de Barroso para fazer uma denúncia contra o homem. “Esse monstro tem que pagar pelo que fez”, comentou Grasielly.

Fonte: Jornal Primeira Página

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Hoje em dia, é melhor manter os cachorros dentro de casa e nos quintais. Deixar eles darem uma voltinha sozinhos por aí é muito arriscado. Infelizmente, o mundo está infestado de psicopatas.

  2. Sinto pela moça, mas deixar o cão alvo fácil pra ser vítima de uma crueldade dessa é relapso demais, se não tinha como ter evitado ou foi acidente ele ter matado a galinha, logo na primeira ameaça ou quando o sujeito jogou o corpo dela no carro, ela deveria ter tomado uma séria providência, baixar a cabeça nessas situações só piora e abre brecha pra que uma brutalidade aconteça. Se infelizmente nada pode ser feito, também deixar pra “justiça de Deus” pra mim não é o suficiente, além da denúncia, o indivíduo ainda teria que se ver comigo pessoalmente…se não se arrependesse amargamente, teria medo o suficiente pra nunca mais cometer a mesma atrocidade novamente. Estou sendo bonzinho, queria mesmo era matar o cara…

  3. Comentários perspicazes. Deixar o cãozinho à mercê do psicopata foi negligência. Tipo de coisa que só poderia ter vindo de alguém que espera alguma “justiça de Deus”.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>