• Home
  • Prefeitura de Londrina (PR) prevê castração de 2 mil animais

Prefeitura de Londrina (PR) prevê castração de 2 mil animais

1 comments

img_1_3_5071Devido à grande população de cães e gatos abandonados nas vias públicas da cidade, a Prefeitura de Londrina, através da Vigilância Ambiental, elaborou um projeto que prevê a castração, vermifugação, vacinação e a identificação eletrônica desses animais. O projeto está em análise pela Procuradoria Geral do Município e já foi aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde.

Quando em vigor, ele será realizado durante um ano, podendo ser prorrogado por mais um. A expectativa da Prefeitura é castrar, vacinar, dar remédios para vermes e identificar, através do microchip, 2 mil animais ao todo. Estima-se que, hoje, existam 100 mil animais na cidade, sendo que até 20% destes podem estar nas ruas.

De acordo com a proposta, os cidadãos que têm o cartão do programa Bolsa Família e que forem guardiões de cães e gatos poderão castrar seus animais gratuitamente em uma das clínicas ou hospitais veterinários cadastrados pelo Município. Este público foi escolhido devido à baixa renda e pelo pouco acesso ao atendimento médico veterinário, fator que contribui para a proliferação progressiva e descontrolada dos animais.

“As pessoas do Bolsa Família que demonstrarem interesse em castrar seus animais deverá ir até a Vigilância Ambiental para se cadastrar. Lá, elas serão indicadas a procurar a clínica habilitada mais próxima de sua residência. A Autarquia de Saúde fará o pagamento do procedimento cirúrgico, ou seja, para o munícipe será gratuito no ato da castração”, explicou o veterinário da Vigilância Ambiental, Alessandro Caseri.

Ainda em agosto, a Prefeitura deverá credenciar as clínicas ou hospitais veterinários, sem caráter de exclusividade, por Chamamento Público, para a realização de serviços constantes da Campanha de Controle de Populações de Cães e Gatos.

A expectativa é que, com a implantação do projeto de castração de cães e gatos em conjunto com ações como a Feira de Animais, fiscalização de canis e trabalhos educativos, a Prefeitura consiga minimizar o número de animais abandonados pela cidade.

Fonte: Bonde

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Muito boa a iniciativa. Mas, por experiência própria aqui do município de Formiga MG, em que sou a coordenadora do projeto de controle populacional canino baseado em esterilização cirúrgica, infelizemente a adesão ao projeto será baixa, pois, pessoas carentes não tem como levar seus animais no local credenciado. Como sugestão, e que esta dando certo aqui, e a realização de cadastro de pessoas que querem castrar seus animais junto as Equipes de Saúde da Família. As Agentes Comunitárias de Saúde realizaram os cadastros e a prefeitura busca os animais no dia da castracao. Fica a dica.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>