• Home
  • Aeroporto se recusa a veicular propaganda contra o Sea World

Aeroporto se recusa a veicular propaganda contra o Sea World

0 comments

(da Redação)

Anúncio da PETA
Anúncio do PETA

A ONG PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) está processando o Aeroporto Internacional Lindbergh Field, de San Diego, porque o mesmo se recusou a veicular uma propaganda contra o SeaWorld em seu display. As informações são da Fox5.

A denúncia de onze páginas do PETA, foi protocolada segunda-feira. A organização afirma que tentou comprar um espaço publicitário no estabelecimento, mas sua solicitação foi rejeitada, devido ao posicionamento do anúncio que apresenta a atriz Kathy Najimy, nascida em San Diego, e a frase: “Se você ama animais como eu, por favor, evite o SeaWorld.” O PETA planejava gastar US$17.500 para colocar a propaganda no Lindbergh Field.

De acordo com a instituição, o anúncio foi rejeitado pela JCDecaux North America, a agência de publicidade do aeroporto. A empresa afirma que não aceitou o anúncio porque “não está de acordo com as políticas internas de publicidade da JCDecaux”. Depois de repetidos pedidos de explicação, a PETA afirma que a empresa disse que a propaganda viola a política interna da JCDecaux contra propagandas que são “depreciativas” ou “degradantes”.

Lindsay Rajt, diretora de campanhas da PETA afirmou que esta rejeição viola o direito à liberdade de expressão. “Quando você é uma entidade de propriedade do governo, como o Aeroporto de San Diego, você não pode arbitrariamente permitir anúncios que glorificam os interesses empresariais do SeaWorld e incitam as pessoas a contribuírem para o sofrimento de orcas e outros animais, enquanto por outro lado proíbe os anúncios que incentivem pessoas a ajudarem os animais, não frequentando o SeaWorld “, disse ela.

Rebecca Bloomfield, porta-voz da Autoridade Aeroportuária, recusou o pedido da Fox 5 para uma entrevista. Em um e-mail terça-feira, ela disse: “A Autoridade Aeroportuária tem a prática de não falar sobre questões relacionadas com processos judiciais pendentes.”

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>