• Home
  • Evento de caça premiará quem matar lobos e coiotes

Evento de caça premiará quem matar lobos e coiotes

2 comments

(da Redação)

Foto: Care2
Foto: Care2

Neste ano, enquanto a maioria das pessoas estará aproveitando alguns dias de feriado e descanso após o Natal, um grupo defensor de direitos dos caçadores em Idaho (EUA) tem algo “especial” planejado para unir as pessoas simpatizantes: nos dias 28 e 29 de Dezembro será promovido um concurso de caça a lobos e coiotes, o primeiro do tipo em décadas. As informações são da Care2.

O  evento está sendo patrocinado pela Idaho for Wildlife , que considera o concurso “uma oportunidade incrível de juntar os seus filhos no feriado e passar algum tempo de qualidade em um maravilhoso local de Idaho!”.

O grupo estará entregando troféus e prêmios em dinheiro para quem matar o maior lobo ou o maior número de coiotes, e oferecerá recompensas especiais para uma categoria jovem, que inclui crianças entre 10 e 14 anos.

No site do grupo, este declara que sua missão é proteger a tradição de caça do estado e “lutar contra todas das tentativas de mudança na lei por grupos de direitos animais e anti-armas”. Também afirma que o concurso possibilita a checagem dos lobos e o aumento da conscientização sobre doenças.

Ambientalistas e defensores animais, no entanto, condenam o concurso pelo que ele realmente é: uma ofensiva, indefensável e irresponsável perda de tempo e de vida. Não tem nada a ver com gerenciamento de vida selvagem, ou caça, mas com a glorificação da morte aos animais em nome da diversão e de ganhos pessoais.

Segundo a reportagem, até mesmo muitos caçadores concordaram que matar em troca de prêmios é antiético e viola a “perseguição justa” da caça.

De acordo com a Defenders of Wildlife:

“Organizadores deste evento, que é chamado ‘um clássico’, admitem que um dos  propósitos do mesmo é mostrar ao mundo que ninguém pode interrompê-los em sua atividade de matar lobos – nem você, nem eu, nem (especialmente) o governo federal. É uma horrível demonstração do que acontece quando lobos são prematuramente destituídos da proteção da Lei de Espécies Ameaçadas“.

Ironicamente, o torneio está agendado para começar no 40º aniversário desta Lei (Endangered Species Act). Idaho abriu a temporada de caça aos lobos há dois anos, logo depois desses animais terem perdido a proteção federal.

Desde o início da temporada em 30 de Agosto deste ano, há a informação de que 154 lobos foram mortos.

Independente das espécies envolvidas nesse tipo de concurso, os supostos caçadores não estão atentos para o valor inerente dos animais selvagens que estão determinados a destruir.

É conhecido e estabelecido que coiotes e lobos desempenham um papel importante na manutenção de ecossistemas saudáveis. Se esses grupo estivesse realmente interessados em trabalhar pelo balanceamento da vida selvagem e proteção do gado, esse evento e o assassinato em massa não estariam ocorrendo.

De acordo com um relatório da WildEarth Guardians, aproximadamente um milhão de americanos se manifestaram em oposição à retirada dos lobos da lista de animais protegidos, até o fechamento do período de comentários públicos que se encerrou nesta semana.

Foi o maior número de comentários a uma decisão federal envolvendo espécies ameaçadas até hoje.

Assine a petição e ajude a evitar esta prática terrível com lobos e coiotes.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu já vi aqui nesse site muitos comentários contra a China, mas pelo que estou vendo os EUA não está muito atrás da china não em relação aos animais, e só reparar quantas noticias barbaras que vem dos EUA,

  2. e esta droga de país é ufanizado por muitos brasileiros como se fosse o país mais perfeito do mundo….puritanos hipócritas…assassinos cruéis que adoram levantar a bandeira contra os outros e tem a casa mais suja do planeta…

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>