• Home
  • Grupos se unem para proibir testes de cosméticos em animais

Grupos se unem para proibir testes de cosméticos em animais

0 comments

A campanha Liberte-se da Crueldade lançou uma petição no site Avaaz e está pedindo o apoio dos brasileiros para o fim da crueldade dos cosméticos.

A Humane Society International (HSI), a ARCA Brasil, a ProAnima e o Fórum Nacional de Proteção e Defesa dos Animais (FNPDA), lançaram a primeira campanha nacional para proibir a experimentação animal cruel de cosméticos esse ano. Mais de 150 membros do Congresso já assinaram a Declaração Liberte-se da Crueldade.

O Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA) está analisando uma proposta formal da HSI apresentada em Setembro de 2013 pedindo um regulamento para a proibição de todos os testes de cosméticos em animais, e se reunirá no 19 de Fevereiro de 2014. A campanha tem o apoio do legendário Sir Paul McCartney.

Sir Paul McCartney disse: “A verdade nua e crua sobre testes de produtos de beleza em animais é que eles causam dor e um sofrimento inimaginável. Se todos os cosméticos testados em coelhos ou camundongos tivessem uma foto na embalagem mostrando esses animais com os olhos inchados e a pele inflamada, eu acredito que todos iriam deixar a crueldade na prateleira. Então, vamos defender esses animais indefesos, apoiando a campanha Liberte-se da Crueldade da Humane Society International para acabar com os testes de cosméticos em animais.”

Os testes em animais para cosméticos são proibidos na Europa, Israel e Índia, mas ainda são legais no Brasil, onde o Guia para Avaliação de Segurança de Produtos Cosméticos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) continua a autorizar testes de toxicidade oral, cutânea e ocular dolorosos em coelhos e roedores.

Helder Constantino, gerente da campanha Liberte-se da Crueldade HSI disse: “A verdade sobre muitos de nossos produtos de beleza é que eles já foram testados em animais. Não há nada de bonito em olhos inchados, pele com feridas, lesões nos órgãos internos e morte, mas é o destino chocante dos animais submetidos a testes de cosméticos no Brasil. Sabemos que os consumidores brasileiros querem que esse sofrimento acabe”.

Com informações de Pravda

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>