• Home
  • Vereador pede que Estado disponibilize água aos animais da área de Sequeiro

Vereador pede que Estado disponibilize água aos animais da área de Sequeiro

0 comments

O agravamento da seca que castiga o município de Belém do São Francisco levou o vereador Vandinho Marcula a formular apelo ao Secretário de Agricultura do Estado de Pernambuco para que sejam direcionados dois carros-pipa aos animais que também vem sofrendo com a seca.

Em sua justificativa o vereador disse que pelo agravamento da estiagem, sugere como medida paliativa que, dos 15 carros pipa locados pelo Estado, dois sejam destinados a atender ao consumo animal, tendo como fonte de abastecimento o Rio São Francisco”.

“A destinação dos dois carros pipa, com exclusividade para atender os animais, além de ser um imperativo, não gera despesas para o Estado, nem prejudica o atendimento humano, haja vista que o programa de combate à seca dispõe de onze carros do Governo Federal e treze do Estado, totalizando 24 carros independentes dos destinados ao atendimento aos animais”, disse o vereador.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Prosseguindo, ele afirma: “Apesar de exímio profissional e conhecedor do momento caótico que vivenciamos, o funcionário responsável está proibido por determinação da Secretaria de atender aos constantes apelos do homem do campo que humildemente vem ao IPA pedir socorro para salvar o pouco rebanho que resta e com isso ouvem o que jamais queriam ouvir: “lamento, mas não posso distribuir água para animais”. Mesmo sendo, antes de tudo, um forte, como afirma o escritor Euclides da Cunha no seu livro “Os Sertões” o cidadão volta desolado e desencantado, consciente de que sem água não há vida”.

Complementando o discurso, diz: “Ante a negativa do seu apelo, aquele bravo sertanejo não tem outra opção para saciar a sede dos seus animais, que se estendem desde a galinha ao boi, a não ser com a água destinada ao consumo humano, o que é perfeitamente compreensível, mesmo sabendo que tem um determinado tempo para receber novo abastecimento, para os que têm uma família numerosa é um risco inevitável de faltar água para o consumo humano e diante desta situação revela-se a imperiosa necessidade do homem do campo em relação ao seu rebanho, de modo que encareço ao Secretário de Agricultura para autorizar o escritório local do IPA a atender o pleito que ora reivindicamos, assim como a instalação dos equipamentos dos inúmeros poços que existem disseminados no nosso município”.

Com informações do Blog Tadeu Sá 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>